Tirou a carta e... ficou sem ela menos de uma hora depois

  • Redação Autoportal
Pistola de radar da Polícia alemã (Reuters)
Pistola de radar da Polícia alemã (Reuters)

Um jovem de 18 anos tirou a carta de condução para ficar sem ela somente 49 minutos depois: a razão para a apreensão da licença de condução foi o excesso de velocidade.

A situação aconteceu na Alemanha e foi relatada pela Polícia germânica, que comentou o sucedido nas redes sociais: “Algumas coisas duram para sempre... algumas nem sequer uma hora.”

O que aconteceu foi que o jovem encartado não demorou a fazer uso da sua nova competência e tratou de desfrutá-la com mais quatro amigos a bordo do carro.

Ao passar na localidade de Hemer, entretanto, foi apanhado por uma pistola de radar da Policia de Märkischer Kreis; e foi apanhado a 95 km/h numa zona onde o limite de velocidade é de 50 km/h...

O resultado foi a apreensão da carta de condução apenas 49 minutos depois de ter sido recebida.

O jovem ficou agora inibido de conduzir durante quatro semanas, mas as autoridades referem que só recuperará a licença para conduzir depois de “dispendiosa requalificação”, com a «BBC» a acrescentar que o infrator enfrenta uma multa de 200 euros, dois pontos na carta quando a recuperar e que o período probatório como recém-encartado aumentará de dois para quatro anos.

Comentários

Veja mais