Bentley despede-se do Mulsanne com edição especial 6.75 da Mulliner

  • Redação Autoportal
Esta série muito limitada vai ter os últmos exemplares da limousine de luxo

A Bentley vai fechar a produção do Mulsanne na primavera deste ano e o ainda atual porta-estandarte da limousine de luxo da casa de Crewe vai despedir-se com uma edição especial da Mulliner limitada a 30 unidades.

O Bentley Mulsanne 6.75 produzido pelo departamento de séries especiais da marca britânica rende homenagem ao motor de 6¾ litros que celebrou 60 anos de produção contínua – o primeiro apareceu no Bentley S2 de 1959.

O motor que faz o orgulho da Bentley em ser “o V8 de produção continua mais antigo em atividade vai ter por base o atual 6¾ litros V8 biturbo do Mulsanne Speed, com 537 cv de potência e 1.100 Nm de binário, para uma aceleração dos 0 aos 100 km/h abaixo dos 5 segundos e uma velocidade máxima acima dos 300 km/h.

Escusado será dizer que o luxo interior desta nova criação da Mulliner será repleto de pormenores alusivos à sua série especial bem como o exterior cheio de detalhes de caráter desportivo – de que as jantes trazidas do Speed são um exemplo – detalhes esses [que pode ver na galeria de fotografias associada] num negro que passa da grela para o ‘tal’ motor.

Nascido em 1980, o Bentley Mulsane vai deixar de ser produzido quando for feito o último dos 30 exemplares desta edição especial 6.75 da Mulliner. O seu lugar de porta-estandarte no ativo das limousines de luxo da Bentley passará a ser o novo Flying Spur, que já terá uma motorização híbrida (como já tem o SUV Bentayga).

  • TEMAS:
  • Bentley

  • Mulsanne

  • Mulliner

Veja mais