Aston Martin DBS Superleggera Concorde Edition pronto para voar

  • Redação Autoportal
Edição limitada assinala os 50 anos do primeiro voo do Concorde

A Aston Martin decidiu produzir uma edição especial do DBS Superleggera para assinalar os 50 anos do primeiro voo do Concorde, o avião supersônico de passageiros.

Produzido em colaboração com a British Airways, o DBS Superleggera Concorde Edition apresenta uma série de acabamento exclusivos e a marca britânica já fez saber que vai produzir apenas 10 unidades deste superdesportivo exclusivo.

O exterior deste Aston Martin apresenta as cores da British Airways (branco, azul e vermelho), um difusor traseiro de grandes dimensões, teto em fibra de carbono, entre outros elementos.

Já no interior encontramos coberturas especiais nos bancos da frente, um teto interior em Alcântara, alavanca da caixa de velocidades em titânio.

Quanto ao desempenho desta edição especial, a Aston Martin fez saber que o Superleggera Concorde Edition mantém o motor biturbo V12 de 5,2 litros que debita uma potência de 725 CV e um binário de 900 Nm.

Estes números permitem acelerar dos 0 a 100 km/h em 3,4 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 339 km/h.

A apresentação deste novo Superleggera Concorde Edition coincide precisamente com a data de 26 de novembro de 2003, altura em que o Concorde realizou o seu último voo.

A marca britânica fez ainda saber que esta edição especial do Superleggera marca o último capítulo da série Aston Martin Wings. Assim, o DBS Superleggera Concorde junta-se às edições anteriores Vanquish S red Arrows, Vantage Blades e V12 Vantage S Spirfire 80, modelos inspirados na aviação.

Para além disso a Astin Martin sublinhou que parte das receitas da venda das 10 unidades do DBS Superleggera Concorde vão reverter para uma organização sem fins lucrativos que ensinam as crianças mais desfavorecidas a voar e lhes oferece apoio para que trabalhem na engenharia aeronáutica.

  • TEMAS:
  • Aston Martin

  • British Airways

  • DBS Superleggera Concorde Edition

Veja mais