SUV, SAV, CUV, Crossover... confuso? Nós explicamos

Novos BMW X5 M e X6 M Competition
Novos BMW X5 M e X6 M Competition

Conheça algumas das siglas mais utilizadas para designar os novos modelos

Quando chega a hora de comprar um carro, todos sabemos que a preferência do consumidor não se limita apenas à marca ou ao modelo.

Entender a ‘nova’ nomenclatura da indústria automóvel nem sempre é fácil e algumas marcas até utilizam designações próprias para diferenciar os seus segmentos dos restantes existentes no mercado.

PUB

Assim, o Autoportal reuniu algumas das siglas mais utilizadas para designar os novos modelos explicando-lhe os respetivos significados.

SUV (Sports Utility Vehicle)

Veículo utilitário desportivo que utiliza a base de um todo-o-terreno (‘off-road’) ou pick-up e tem como principais características uma altura elevada em relação ao solo e a capacidade de reboque.

A carroçaria é construída separadamente do chassi e a sua união acontece durante o processo de fabricação.

Os SUV podem ser de tamanho médio ou grande, apesar de muitas vezes serem comparados a um veículo todo-o-terreno, mesmo que as únicas coisas que tenham em comum sejam a posição de condução elevada e as quatro rodas motrizes.

PUB

Como exemplos de SUV podemos referir os seguintes modelos: Jeep Grand Cherokee, Toyota Land Cruiser, Range Rover, Mercedes GLS, Hyundai Santa Fe, Volkswagen Touareg, Audi Q7, Ford Edge, DS 7 Crossback, Jaguar F-Pace, Mitsubishi Outlander, Kia Sorento, Renaull Koleos, Nissan X-Trail, Skoda Kodiaq, Volvo XC 90, Seat Terraco e Opel Grandland X.

SAV (Sports Activity Vehicle)

Ao lançar o X5 em 1999, a BMW identificou-o como um SAV, veículo que possui prestações desportivas, mas que, ao contrário do SUV, não aconselha a grandes aventuras fora da estrada já que a sua altura ao solo é ligeiramente mais baixa do que os grandes SUV.

PUB

SAC (Sports Activity Coupé)

Nas versões de carroçaria mais desportiva, enquanto algumas marcas optam pela clássica designação ‘coupé’, a BMW mantém a regra diferenciadora e tem o seu X6 é um exemplo do que a marca alemã designa por SAC.

Crossover

Estes veículos também conhecidos como CUV (Crossover Utility Vehicle) são muitas vezes chamados de SUV, mas as diferenças de base na sua conceção explicam por que designam segmentos diferentes.

PUB

O Crossover tem por base, na sua plataforma, um veículo de passageiros; geralmente, permitindo uma melhor condução, mais conforto e também maior economia de combustível, já que se trata de um veículo de menor altura, menor comprimento e menor peso do que um SUV.

Dentro deste segmento, os Crossover passaram também a dividir-se em compactos e subcompactos dependendo do seu comprimento; ou seja, se utilizam na sua base um veículo da categoria B (modelos com um comprimento entre os 3,6 e os 3,9 metros), ou da C (modelos com um comprimento entre os 4 e os 4,3 metros). Bons exemplos destas subcategorias na mesma marca são os Volkswagen T-Roc (crossover compacto) e T-Cross (subcompacto)

Não obstante, os Crossover podem contar com alguns recursos semelhantes aos dos SUV, nomeadamente a tração total.

Sportback

Designação que começou a ser utilizada especialmente para definir os modelos coupé de quatro portas. Como bom exemplo, está a chegar ao mercado o novo Audi e-tron Sportback.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Mercedes-AMG GLS 63 4Matic+: o SUV desportivo de 7 lugares

Volkswagen confirma ID.4 como o primeiro SUV 100% elétrico da marca

Kia revela o XCeed, o novo crossover urbano da marca

Conheça os protótipos que inspiraram a gama SUV da Seat

COMPUTADOR DE BORDO

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

Atenção às datas de revalidação de carta de condução. Faça tudo online e poupe 10%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS