Fiat apresenta o 500 elétrico com autonomia para 320 km

  • Redação Autoportal
  • 4 mar 2020, 18:07

Novo Fiat 500 é o primeiro modelo da FCA totalmente elétrico

A Fiat revelou esta quarta-feira o novo 500 elétrico, um modelo que promete colocar a marca italiana numa nova era

Este novo Fiat 500, o primeiro elétrico da empresa de Turim, é um passo importante para a estratégia da marca, estando por isso ao nível das duas gerações anteriores do popular modelo.

Para desenhar o futuro do 500, a Fiat partiu daquilo que fez do modelo aquilo que é. Isto foi aplicado também na primeira geração, que ofereceu mobilidade e liberdade nos anos Sessenta. O 500 representou uma mudança radical, tendo-se tornado uma marca muito apreciada. Uma viatura que sempre esteve na crista da onda e que se afirmou como um ícone desde o seu lançamento, há 63 anos.

O chassi do novo Fiat 500 Electric permitiu alojar uma bateria de íons de lítio, com capacidade de 42 kWh, que alimentada um motor elétrico de 118 cv de potência, que permitem ao novo 500 uma autonomia até 320 km no ciclo WLTP.

Para além disso a capacidade de aceleração de 0 aos 100 km/h em 9,0 segundos e uma velocidade máxima limitada eletronicamente de 150 km/h.

Em matéria de carregamento da bateria, o novo 500 Electric suporta pontos de carregamento rápido de 85 kW, nos quais precisa apenas de cinco minutos para recuperar 50 quilómetros de autonomia e de 35 minutos para recarregar 80% da bateria.

O Novo 500 dispõe de três modos de condução: Normal, Range e Sherpa, que podem ser selecionados de forma a condizer com o estilo de condução.

O modo de condução Sherpa atua sobre diversos componentes para reduzir o consumo de combustível ao mínimo, a fim de assegurar uma tranquila chegada ao destino definido no sistema de navegação ou à estação de carregamento mais próxima.

Este modo de condução ajusta vários parâmetros desde de uma velocidade máxima, limitada a 80 km/h, passando pela resposta do acelerador, de forma a reduzir o consumo de energia, ou pela desativação do sistema de ar condicionado e do aquecimento dos bancos (o condutor tem a opção de ativá-los em qualquer altura).

Já o “Normal” aproxima-se o mais possível da condução de um veículo com motor de combustão interna, enquanto o modo “Range” ativa a função “one-pedal-drive”.

Ao ativar este modo, é praticamente possível conduzir o novo 500 utilizando apenas o pedal do acelerador. Libertando o pedal origina maior desaceleração do que com um motor de combustão interna, quase como se se tivesse carregado no pedal do travão. Em todo o caso é necessário carregar no pedal do travão para imobilizar totalmente a viatura.

Num olhar atento percebemos que o novo 500 elétrico conta com uma grelha fechada, com o logótipo 500 de grandes dimensões, as óticas surgem divididas pelo capot e os retrovisores exteriores de grande dimensão estão montados numa posição diferente do anterior modelo. 

O novo Fiat 500 não é apenas um citadino elétrico, já que passa a oferecer condução autónoma de nível 2, transferindo para a mobilidade urbana todos os benefícios inerentes.

Para além disso conta com uma câmara dianteira com tecnologia de monitorização que supervisiona todas as áreas da viatura, tanto em sentido longitudinal como lateral, com Cruise Control Adaptativo inteligente (iACC), Assistência à Manutenção no Centro da Faixa, Assistência Inteligente de Velocidade, sistema de Monitorização Urbana de Ângulos Mortos, bem como Sensor de deteção de fadiga do condutor.

No interior destaca-se o novo sistema de informação e entretenimento UConnect 5 com um ecrã de 10,25 polegadas que utiliza um sistema operativo Android Auto e Apple CarPlay disponível sem recurso a fios.

Outra das novidades é a ausência da tradicional manete de mudanças, já que este novo Fiat 500 elétrico conta com uma transmissão direta, o que se traduz numa maior sensação de espaço na área do consola central.

A edição de lançamento do primeiro elétrico da Fiat é o ‘500 La Prima’, que será limitado a 500 unidades e pode ser reservada em Portugal a partir do dia 16 em apenas três cliques no website www.fiat.pt e, com um depósito de 500 euros.

O acabamento desta versão de lançamento inclui grupo ótico de LED, estofos de couro ecológico, rodas de liga leve de 17 polegadas, acabamento cromado nas janelas e painéis laterais, painel de instrumentos digital de 7,0 polegadas e sistema de infoentretenimento com ecrã de 10,25 polegadas, placa numerada ao lado do nome do país onde a viatura foi comprada, ou seja praticamente todo o equipamento disponível e alguns detalhes de exclusividade

Quanto a preços a Fiat revelou que a edição ‘La Prima’ cabrio com Easy Wallbox, vai ter um custo de 37.900 € em Itália, não tendo sido ainda divulgado o preço para Portugal, o que deve acontecer mais perto da data de comercialização.

RELACIONADOS

Panda e 500 estreiam a nova tecnologia híbrida da Fiat em março

Nova Fiat Talento já chegou ao mercado nacional

Fiat Panda Trussardi: uma aposta chique e na moda

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS