Uma década de Lamborghini Aventador. Conheça alguns segredos

  • Redação Autoportal
  • 29 ago, 18:53

O Lamborghini Aventador está prestes a completar uma década de comercialização, o que dá origem a alguns factos históricos

Dez anos de comercialização é algo que muitos modelos não conseguem ter no seu currículo. Mesmo os automóveis mais conhecidos do mercado acabam por ir envelhecendo e dar origem a um sucessor com o mesmo nome e com um visual mais evoluído, algo que costumam acontecer, em média, a cada quatro ou cinco anos.

De uma forma geral, não há muitos automóveis que se consigam manter no mercado apenas com atualizações em termos de potência e visual e com algumas versões especiais pelo meio durante uma década inteira, principalmente quando se trata de um superdesportivo.

PUB

O Lamborghini Aventador, no entanto, é um dos que conseguiu alcançar esta marca. Foi lançado no mercado em 2011, na versão LP 700-4, e tem vindo a ser desenvolvido desde essa altura, da mesma forma que o seu motor V12 tem sido melhorado desde o início da história da Lamborghini, no início dos anos 60.

Com o seu monocoque construído em fibra de carbono, a Lamborghini iniciou uma nova era de ideias com este tipo de material e começou a desenvolver uma nova imagem em torno do mesmo, uma vez que, ao desenvolver todos os componentes na sua própria fábrica, as limitações para a produção de novas ideias são cada vez menores.

PUB

Quanto ao Aventador, um dos seus marcos históricos tem a ver com o número de unidades comercializadas, sendo este o modelo da marca mais vendido de sempre, de todos os que foram equipados com um motor V12. O recorde foi batido em setembro de 2020, no momento em que alcançou as dez mil unidades comercializadas, um valor que fica acima da soma de todos os modelos V12, tais como o Miura, o Countach, o Diablo ou mesmo o Murciélago comercializados até esse momento.

PUB

Outra das curiosidades do Lamborghini Aventador é o facto de já ter sido um autêntico BatMobile, com a matrícula “Gotham - 649 8227” e conduzido por Bruce Wayne, protagonizado por Christian Bale, marcou a sua presença no filme “The Dark Knight Rises” de 2012. Esta não foi a primeira vez que um dos V12 da Lamborghini fez parte desta saga, uma vez que em 2008 já tinha sido utilizado um Murciélago LP640 em “Dark Knight” e em 2005 um Murciélago Roadster em “Batman Begins”.

Ao longo da sua história, o Aventador também vai ficar conhecido como o primeiro modelo da marca a incluir os modos de condução capazes de ajustar automaticamente os parâmetros de sistemas como a suspensão adaptativa MagneRide, que também foi estreada com este modelo, a direção nas quatro rodas, outra estreia, ou a resposta do motor e do sistema de tração integral. Tudo isto é comandado através dos programas Strada, Sport e Corsa, sendo que ainda há um quatro, totalmente personalizável pelo utilizador, que foi batizado com o nome Ego.

PUB

Para terminar, resta relembrar a versão que encerra a história deste carismático modelo da casa italiana, pelo menos, antes de conhecermos o seu sucessor. O último dos Aventador é uma autêntica peça de coleção por diversos motivos. Chama-se Ultimae LP 780-4 e reúne todas as inovações e melhorias desenvolvidas para este modelo tanto no campo da tecnologia como no da estética e do estilo. O motor V12 continua totalmente atmosférico e a potência chega agora aos 780 cavalos, sendo que este será o último da sua apaixonante linhagem a dispensar a companhia de um sistema híbrido ou de qualquer outra ajuda eletrificada.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Lamborghini lança o Huracán STO ao asfalto e pode vê-lo no Algarve!

Vídeo: Lamborghini encontrado com as rodas viradas para o ar

Lamborghini Sián inspira speedboat da Tecnomar. O resultado é fantástico!

Marco histórico: SUV Lamborghini Urus atinge 15 mil unidades produzidas

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS