Ambition2039: o caminho da Mercedes-Benz para emissões zero

  • Redação Autoportal
Mobilidade sustentável para 2039
Mobilidade sustentável para 2039

Marca germânica quer alcançar uma mobilidade sustentável dentro de 20 anos

Nos próximos 20 anos, a Mercedes-Benz pretende ter uma nova frota de veículos de passageiros, neutra em carbono, e híbridos plug-in, ou veículos totalmente elétricos que representem mais de 50% das vendas de automóveis até 2030.

A Mercedes está a avançar na transformação para a mobilidade livre de emissões e a sustentabilidade é um dos elementos-chave da estratégia corporativa da Daimler.

O Mercedes-Benz EQC é o primeiro de uma geração de modelos elétricos da marca germânica que até 2030 pretende que os modelos elétricos representem mais de metade das vendas automóveis - o que inclui viaturas totalmente elétricas e híbridos plug-in.

Esta abordagem também inclui o desenvolvimento contínuo de serviços de mobilidade, para difundir o uso de veículos elétricos.

A Fábrica 56, um recente projeto da marca, é um novo espaço nas instalações de Sindelfingen, que usa energia renovável e será neutra em relação a emissões de carbono. A electricidade proveniente de fontes renováveis será também utilizada para a produção do EQC na fábrica em Bremen e para a produção de baterias em Kamenz.

A Mercedes revelou ainda que os seus veículos têm um potencial índice de reciclagem de 85%.

  • TEMAS:
  • Mercedes-Benz

  • Daimler AG

  • Mercedes EQC

Veja mais