PUB

Camião Mercedes de longo curso terá 1.000 km de autonomia em emissões zero

  • Redação Autoportal
Mercedes-Benz GenH2 Truck
Mercedes-Benz GenH2 Truck
Daimler Truck apresentou o Mercedes-Benz GenH2 Truck fuel cell

Chama-se Mercedes-Benz GenH2 Truck e é o novo concept da Daimler para revolucionar o transporte de carga de longo curso em regime de emissões zero. O camião apresentado pela Daimler Truck aponta a uma autonomia até 1.000 km com uma propulsão neutra em carbono por pilha de combustível (‘fuel cell’).

O GenH2 Truck terá um peso bruto de 40 toneladas e uma capacidade de carga de 25 toneladas dispondo de dois tanques de aço inoxidável para hidrogénio líquido. Usando hidrogénio líquido, que tem uma densidade energética superior à do gasoso, os depósitos serão menores e, com a pressão também menor, serão mais leves. Ao mesmo tempo, com mais hidrogénio disponível, a autonomia aumenta permitindo um desempenho idêntico ao de um veículo correspondente a Diesel.

Na versão de pré-produção, os dois motores elétricos estão desenhados para uma potência contínua de 2 x 230 kW (308 cv) e uma potência máxima de 2 x 330 kW (443 cv), com bin+arios respetivos de 2 x 1577 Nm e 2 x 2071 Nm.

O GenH2 Truck tem os testes com clientes agendados para 2023 e a produção em série prevista para a segunda metade desta década.

A Daimer Trucks apresentou a estratégia de eletrificação dos seus veículos com uma gama que inclui desde o transporte urbano até ao de longo curso internacional. A par do GenH2 Truck, a fabricante alemã também apresentou o Mercedes-Benz eActros LongHaul a bateria elétrica para transporte de longo curso com autonomia de uma carga para cerca de 500 km.

O eActros LongHaul (longo curso), cuja produção em série está marcada para 2024, será semelhante ao GenH2 Truck, mas a opção pela bateria em vez do sistema fuel cell pretende responder com mais eficiência energética e menos custos para os clientes na sua utilização.

“O sistema de baterias será usado preferencialmente para cargas mais leves e para distâncias mais curtas. O sistema fuel cell tenderá a ser preferido para cargas mais pesadas e distâncias mais longas”, explicou Martin Daum, presidente do conselho de administração da Daimler Truck AG e membro com conselho de administração da Daimler

A gama 100% elétrica anunciada agora fica completa com o já apresentando em 2018 Mercedes-Benz eActros, cujo modelo de produção a Daimler avança ter uma autonomia “significativamente” superior aos 200 km disponibilizada ela carga das baterias dos protótipos já em testes do dia-a-dia.

O eActros terá uma capacidade de carga idêntica à do Actros e será lançado com variantes de dois e três eixos.

Com base na plataforma modular ePowertrain cuja arquitetura integra o propulsor elétrico eDrive, a Daimler Trucks aponta a 2022 para lançar nos principais mercados o seu portfólio de camiões elétricos de produção e o ano de 2039 para ter uma gama exclusivamente neutra em emissões de CO2.

  • TEMAS:
  • Mercedes

  • Daimler

  • GenH2 Truck

Veja mais