DSD aposta forte na otimização de sistemas de propulsão elétrica

  • Redação Autoportal
  • 2 jan, 12:00

Com a crescente produção de veículos elétricos aumenta também a necessidade de se conseguirem conjuntos de propulsão mais eficientes e de menor custo

A empresa especializada em engenharia e desenvolvimento de tecnologia e sistemas de propulsão elétricos Drive System Design (DSD) apresentou as suas mais recentes novidades no domínio da simulação, otimização e teste deste tipo de sistemas.

A par dos equipamentos de simulação que compõem o seu “Processo de Otimização de Sistemas de Propulsão Elétricos” (ePOP, na sigla em inglês), a consultora sediada no Reino Unido deu a conhecer duas novas bancadas de teste que criou, especialmente destinadas a sistemas de propulsão elétrica de alto desempenho.

PUB

“Estamos a meio daquela que será, provavelmente, a maior euforia jamais vista na indústria, uma vez que os principais intervenientes canalizam cada vez mais a sua produção para os veículos elétricos”, conta David Kelly, diretor da Drive System Design.

“Acreditamos que isto irá gerar uma onda de testes de verificação e validação nos próximos anos, para os quais a DSD está idealmente posicionada com os seus contínuos investimentos em instalações de sistemas de propulsão elétrica", conclui o responsável.

PUB

As duas novas bancadas complementam as instalações da DSD já existentes, as quais incluem uma máquina ETPS (Engine Torque Pulse Simulator) de 450kW e três emuladores de bateria. Desta forma, a empresa britânica, que também está presente no mercado americano, pretende estar devidamente apetrechada para dar resposta ao aumento significativo da procura de desenvolvimento de sistemas de propulsão elétrica destinados a automóveis.

Continuar a ler

RELACIONADOS

China vê nos automóveis elétricos oportunidade para “invadir” a Europa

BMW não fabricará apenas carros elétricos enquanto não houver infraestruturas

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS