Bell notification
Deseja receber notificações
autoportal.iol.pt
Permitir
Anular

Novo Porsche 911 S com aerodinâmica ativa aperfeiçoada

Modelo da marca germânica define novos padrões em matéria de aerodinâmica

O novo Porsche 911 Turbo S define novos padrões em diversas áreas, nomeadamente em matéria de aerodinâmica adaptativa, a qual a Porsche aprimorou no seu modelo 911 de topo.

O Porsche Active Aerodynamics (PAA) adapta a aerodinâmica do veículo de forma ainda mais precisa à situação de condução, velocidade e modo de condução selecionado.

“Nenhum outro automóvel desportivo reage a diferentes situações com tamanha flexibilidade aerodinâmica como o novo 911 Turbo S. Os engenheiros aerodinâmicos, são normalmente colocados perante o dilema de encontrar um baixo coeficiente aerodinâmico para a velocidade máxima e baixo consumo, enquanto uma elevada força descendente é vantajosa para o comportamento dinâmico. No entanto, as duas caraterísticas contradizem-se,” revelou Thomas Wiegand, responsável pelo departamento de desenvolvimento aerodinâmico da Porsche.

A utilização do sistema PAA no novo 911 Turbo S contribui para resolver os conflitos entre os objetivos aerodinâmicos.

“A expansão do sistema inteligente no 911 Turbo S torna possível alcançar um espetro mais alargado de configurações aerodinâmicas para um ótimo comportamento dinâmico e um mínimo arrasto. Além do mais, aumenta-se o potencial para que os componentes aerodinâmicos suportem exigências dinâmicas específicas em qualquer situação de condução”, acrescentou Thomas Wiegand

Desta forma as lamelas ativas de refrigeração são novas. Juntamente com o lábio variável do spoiler dianteiro, assim como com a asa traseira de extensão e inclinação variáveis, o novo modelo topo da gama apresenta três componentes aerodinâmicos ativos. No topo das configurações aerodinâmicas básicas do 911 Turbo, com os nomes PAA Speed e PAA Performance, isto permite agora uma configuração Eco.

O PAA foi também alargado para o Modo Wet, o qual altera o equilíbrio aerodinâmico em direção ao eixo traseiro para maior estabilidade em condições de piso molhado, assim como a função airbrake, que produz mais arrasto e mais força descendente no caso de uma travagem a fundo a velocidades elevadas e, consequentemente, resulta em distâncias de travagem mais reduzidas e maior estabilidade. O PAA é também utilizado para adaptar o fluxo de ar à volta do veículo quando o teto de abrir ou a capota estão abertos. Isto significa que há um total de oito diferentes configurações aerodinâmicas, cada uma descrita por uma combinação específica dos componentes aerodinâmicos ativos.

Já o novo spoiler dianteiro ativo e asa traseira aumentaram a força descendente em 15 por cento para garantir maior estabilidade a velocidades elevadas. A força descendente máxima na posição Performance (modo Sport Plus ativado) é agora de 170 kg.

O coeficiente aerodinâmico (cx) do 911 Turbo S varia consoante a definição aerodinâmica. A configuração mais eficiente com o valor cx de 0,33 é alcançada com as lamelas fechadas e os spoilers recolhidos.

As novas lamelas de controlo do ar de arrefecimento permitem uma menor resistência e, por isso, reduzem o consumo de combustível. As lamelas estão colocadas nas entradas de ar à esquerda e direita do para-choques dianteiro. Ajustam-se de forma contínua e controlam o ar direcionado para os radiadores.

Um sistema de gestão inteligente da energia é responsável por alcançar um equilíbrio entre os atuais requisitos de arrefecimento, a potência elétrica necessária para operar o radiador e o benefício aerodinâmico das lamelas de arrefecimento do ar. Como resultado, as lamelas fecham-se sempre que possível a partir dos 70 km/h. Isto gera benefícios no consumo e condução no dia-a-dia.

A partir de uma velocidade de 150 km/h, abrem-se de forma linear para alcançar o equilíbrio aerodinâmico a velocidades elevadas. A prioridade é também dada ao comportamento dinâmico e as lamelas abrem-se quando os modos Sport, Sport Plus e Wet estão ativos e quando o Porsche Stability Management (PSM) está desativado ou o botão do spoiler é pressionado.

Em pisos molhados os sensores instalados de série nas cavas das rodas dianteiras ao detetarem uma superfície molhada de forma significativa por intermédio do spray projetado pelas rodas, levam a que seja apresentada uma mensagem ao condutor no painel de instrumentos. O condutor pode depois ativar o modo Wet manualmente por intermédio do seletor de modos colocado no volante.

Já a função airbrake é ativada automaticamente no caso de uma travagem a fundo a velocidades elevadas.

Quando isso acontece o spoiler dianteiro e a asa traseira são movidos para a posição Performance. O maior arrasto e a aumentada força descendente podem reduzir a distância de travagem. A estabilidade durante a travagem é também melhorada.

  • TEMAS:
  • Porsche

  • 911 S

  • Aerodinâmica

Veja mais