DS 3 elétrico e DS 7 híbrido plug-in já cá estão: saiba os preços

  • Redação Autoportal
E-Tense: chegou a era eletrificada da DS
DS eletrificados chegam a Portugal
Grupo PSA terá todos os modelos eletrificados em 2025

O DS 3 Crossback E-Tense e o DS 7 Crossback E-Tense 4x4 chegaram a Portugal e podem ser encomendados a partir desta sexta-feira. Este DS 3 Crossback é um veículo 100% elétrico; este DS 7 Crossback é um híbrido plug-in.

Como cartões de visita iniciais, destaca-se os 320 km de autonomia do DS 3 Crossback E-Tense (primeiro SUV compacto 100% elétrico) e os 300 cv do híbrido DS 7 Crossback E-Tense de tração integral.

Mas comece-se pelo E-Tense comum a ambos, pois essa é a assinatura do Grupo PSA para a ofensiva elétrica na indústria automóvel agora iniciada em Portugal através da sua marca ‘premium’, a DS Automobiles.

O objetivo assumido a seis anos de distância é este: em 2025, a PSA terá todas as gamas do grupo eletrificadas, seja com veículos 100% elétricos (BEV), seja com híbridos plug-in (PHEV) – como estes dois.

As etapas de eletrificações definidas são de 50% dos modelos em 2020, 80% em 2023 e os 100% dois anos depois. No próximo ano serão lançados pela PSA 15 eletrificados (oito PHEV e sete BEV), enquanto o objetivo para 2022 é de 40 modelos nas cinco marcas do grupo (DS, Citroën, Peugeot, Opel e Vauxhall).

Com a introdução da plataforma CMP (Common Modular Platform), que se junta à já existente EMP2, a DS passou a ter a totalidade dos seus carros eletrificados a partir deste ano, situação que, a partir de 2025, passará à condição de exclusiva.

Vídeo: DS 3 Crossback E-Tense

O DS 3 Crossback E-Tense, com caixa de velocidades automática eletrificada (EAT8), apresenta-se com um motor elétrico de 100 kW (136 cv) com 260 Nm de binário associado a uma bateria de iões de lítio de 50 kW/h e a um sistema de recuperação de energia em desaceleração e travagem. A aceleração dos 0 aos 50 km/h faz-se em 3.3 segundos; dos 0 aos 100 km/h faz-se em 8.7 segundos. A velocidade máxima é de 150 km/h.

A autonomia do SUV compacto elétrico da DS é de 320 km (ciclo WLTP) maximizada no

modo de condução Eco, ao qual se juntam o Normal e o Sport. O carregamento rápido de 100 kW proporciona 9 km de autonomia adicional por minuto e permite completar uma carga de 80% em 30 minutos.

Os modelos eletrificados da DS trazem com eles a nova cor exclusiva (opcional) Cristal Pearl para além dos acabamentos em cromado acetinado e as assinaturas E-TENSE, entre as várias opções de personalização exterior e interior. O para-choques traseiro do DS 3 Crossback E-Tense é também um exclusivo deste SUV compacto com jantes de liga leve de 18’’.

O cockpit do DS 3 Crossback elétrico é totalmente digital a companha a tecnologia dos faróis DS Matrix LED Vision e dos puxadores de portas escamoteáveis (à face da carroçaria quando o carros fechado). Entre os destaques da marca está também o DS Drive Assist, sistema de condução semiautónoma de nível 2.

Em Portugal, o DS 3 Crossback E-TENSE está disponível a partir de 41.000 euros para a versão So Chic. Os níveis de equipamento são três, com o Performance Line por 41.800 euros e o Gramd Chic por 45.900 euros.

Vídeo: DS 7 Crossback E-Tense 4x4

O DS 7 Crossback E-Tense 4x4 apresenta-se capaz de oferecer 58 quilómetros de autonomia elétrica (ciclo WLTP) utilizando apenas a energia proveniente de uma bateria de 13,2 kW/h e a energia recuperada na desaceleração e travagem.

Com o seu motor a gasolina 1.8 litros de 200 cv e dois motores elétricos, o SUV híbrido plug-in da DS tem uma potência total de 300 cv e um binário de 450 Nm. Dispondo também da caixa de velocidades EAT8, o DS 7 Crossback E-Tense vem com tração às quatro rodas logo no nome.

O modo de condução por defeito para arrancar é o Electric (condução exclusivamente assente na potência da bateria conseguindo uma velocidade de 135 km/h no máximo dos seus 58 quilómetros de autonomia. O modo Hybrid otimiza o consumo de energia e o Sport favorece a potência. Al+em do $WD, o modo Confort ajusta a suspensão de acordo com o piso.

As emissões de CO2 são de 31 g/km (ciclo WLTP) e a média de consumos é de 1,4 l/100 km (ciclo WLTP) e a DS destaca também a nova função E-Save”, que permite ao condutor recarregar a bateria em qualquer altura graças ao motor de combustão interna, disponibilizando energia para ser guardada para o modo Electric.

Além da opção pela cor exlcusiva, este DS 7 traz jantes de liga leve de 19’’ e um amplo ecrã tátil. O DS 7 Crossback E-Tense 4x4 chega com um preço recomendado que se inicia nos 53.800 euros (Be Chic) e que vai até aos 59.800 euros (Grand Chic). Pelo meio, estão mais dois níveis de equipamento: o So Chic (55.800 euros) e o Performance Line (56.700 euros).

  • TEMAS:
  • DS

  • E-Tense

  • Crossback

Veja mais