Ford Transit passa a contar com transmissão automática do Mustang

  • Redação Autoportal
  • 5 jun 2020, 09:05
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Nova transmissão de 10 velocidades vai equipar as versões da Transit de tração traseira

Ford anunciou agora o arranque da produção de uma  caixa automática de 10 velocidades que vai estar disponível em opção para as versões Transit de tração traseira (RWD) e já utilizada por modelos com o Mustang.

A nova transmissão é a solução ideal para aplicações nas versões Transit com tração traseira, onde as caixas automáticas são preferidas pela sua facilidade de utilização e conveniência nas variantes mais pesadas, incluindo furgões de entrega de mercadorias, veículos de emergência e autocaravanas, bem como nas conhecidas e populares versões Transit minibus de 15 e 18 lugares.

Desenvolvida internamente por engenheiros da Ford e já comprovada em modelos tão diversos quanto as pick-up Ranger e F150, bem como no superdesportivo Mustang, automóvel de elevada performance, esta transmissão inteligente foi concebida para minimizar os custos com combustível, para proprietários e operadores, utilizando uma maior amplitude de relações de caixa, permitindo aos motores funcionar num modo mais eficiente.

A configuração de 10 velocidades, com mais relações de caixa, significa que o motor EcoBlue 2.0 de 170 CV do Transit pode operar, consistentemente, mais próximo da sua eficiência máxima e oferecer uma experiência de condução mais dinâmica.

A pré-seleção adaptativa de mudanças em tempo real permite que a transmissão se adapte às alterações de condução, habilitando a seleção ideal de mudanças em função da performance, eficiência de combustível ou refinamento, ou seja, independentemente do cenário de condução.

A nova transmissão da Ford foi especificamente calibrada para corresponder às características de condução e aplicações do furgão Transit e para funcionar em conjunto com a tecnologia Auto Start-Stop, de modo a obter uma eficiência de combustível ainda maior. A aceleração é suave e progressiva a baixas velocidades e no arranque com o veículo parado.

A caixa de 10 velocidades passa a coexistir com a caixa automática de seis velocidades e que se mantém disponível para aplicações nas versões Transit de tração dianteira, destinadas a serviços mais leves.

RELACIONADOS

Ford Mustang Mach 1: icónico modelo americano está de regresso

Ford Puma ganha versão ST-Line Vignale e novo motor diesel

Ford Ranger Thunder chega à Europa no verão com Portugal na rota

Ford Transit está pronta para utilizar combustíveis verdes

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS