Lotus mostra o novo Evija no Festival de Goodwood

  • Redação Autoportal
  • 19 out 2020, 11:31

Hipercarro elétrico da marca britânica fez a sua estreia publica com uma decoração especial

A Lotus aproveitou o Festival de Goodwood, no Reino Unido, para apresentar o seu novo Evija, o hipercarro elétrico da marca britânica com quase 2.000 cv de potência.

No festival que decorreu no fim de semana, a Lotus mostrou duas unidades do Evija, uma das quais decorada com as cores da John Player Special, patrocinador da equipa de Fórmula 1 da marca nas décadas de 1970 e 1980. Já o segundo Lotus Evija, surgiu em Goodwood com o amarelo Solaris.

PUB

O novo hipercarro elétrico da Lotus conta com uma autonomia na ordem dos 400 km e tem uma potência de 1.971 cv e um binário de 700 Nm tendo uma capacidade para acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 3 segundos e dos 0 aos 300 km/h em menos de 9 segundos.

O Evija está dotado de tração às quatro rodas consegue alcançar uma velocidade máxima de 320 km/h.

As prestações do novo elétrico da Lotus deixaram Lord March, filho do do Duque de Richmond, fundador do Goodwood Road Racing Club, impressionado depois de testar o novo hipercarro.

“O Evija é inacreditável - o poder, a velocidade, eu nunca experimentei qualquer coisa parecida. O desenvolvimento dos carros elétricos nos últimos 10 anos é surpreendente. Há um enorme potencial de crescimento para estes veículos”, sublinhou Lord March.

PUB

A produção dos primeiros exemplares da edição limitada a 130 unidades do Lotus Evija, com um preço por veículo de 1,9 milhões antes de impostos, vai arrancar no final do ano e os veículos produzidos no primeiro ano já estão destinados a clientes por todo o mundo.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Vídeo: Lotus Evija já tem configurador

Fábrica da Lotus está pronta para a produção do hipercarro elétrico Evija

Lotus Evija completa primeiros testes dinâmicos

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS