Opel revela o novo Mokka elétrico: saiba tudo

  • Redação Autoportal
  • 24 jun 2020, 11:12

Segunda geração do conhecido modelo da marca germânica chega com versão 100% elétrica

A Opel revelou agora a segunda geração do Mokka que vai chegar com uma versão 100% elétrica.

Apesar de uma distância entre eixos ligeiramente superior (+2 mm), que o seu antecessor, o novo Mokka é 12,5 cm mais curto, oferecendo aos seus cinco passageiros uma bagageira com um volume de 350 litros.

O comprimento total de apenas 4,15 metros faz com que o novo Mokka seja muito fácil de manobrar e estacionar em zonas urbanas.

Em matéria de design a marca germânica apostou num corte com a geração anterior e dotou o novo Mokka de linhas bem marcadas que sublinham uma aparência arrojada, caracterizada por projeções curtas e vias largas, ao mesmo tempo que exibe pequenos detalhes que fazem a diferença.

No exterior o sistema de iluminação está dotado de faróis IntelliLux de matriz de LED, formados por 14 elementos.

No interior o novo modelo destaca-se por um posto de condução totalmente digital: o Opel Vizor e o Opel Pure Panel, um painel de instrumentos horizontal que integra dois ecrãs panorâmicos, o que está à frente do condutor pode ter até 12 polegadas de dimensão.

No entanto, para permitir uma utilização intuitiva e com o objetivo de manter a atenção permanente do condutor na estrada, a Opel mantém algumas teclas para controlo das funções principais, evitando, assim, a utilização de submenus.

O novo Mokka tem como base a nova versão da plataforma multi-energia CMP (Common Modular Platform) e por isso a marca germânica vai estrear uma motorização elétrica na segunda geração deste modelo.

O Mokka-e conta com um motor elétrico de 100 kW (136 cv) de potência e 260 Nm de binário máximo, que permite uma velocidade máxima, limitada eletronicamente, de 150 km/h de forma a preservar a energia armazenada na bateria de 50 kWh, e a autonomia de 322 quilómetros.

O condutor pode escolher entre três modos de condução - Normal, Eco e Sport - para um desempenho equilibrado ou mais dinâmico.

O equipamento de série inclui um sistema de recarregamento rápido da bateria (100 kW DC), que permite obter 80 por cento de carga em 30 minutos.

Em matéria de sistemas de auxílio à condução, o novo Mokka vai contar com cruise control adaptataivo com função ‘Stop&Go’ que permite ao condutor lidar tranquilamente com os congestionamentos de trânsito. O Mokka-e adapta-se automaticamente ao andamento do veículo da frente sem necessitar de qualquer intervenção nos travões ou no acelerador. Além disso, um sistema de posicionamento ativo na faixa de rodagem mantém automaticamente o novo Mokka no centro da faixa de rodagem.

Para além da versão elétrica, a gama do novo modelo vai contar igualmente com motores a gasolina e a Diesel.

A Opel já fez saber que as encomendas do novo Opel Mokka abrem no final do verão e as primeiras unidades chegam aos concessionários no início de 2021.

RELACIONADOS

Esta é a nova frente dos Opel que o Mokka vai estrear

Novo Opel Mokka estreia cockpit do futuro

Opel Mokka está em testes para ser produzido ainda neste ano

Opel apresenta o Zafira-e Life para viajar em modo elétrico

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS