Volkswagen já tem data para a estreia do novo ID.3 em Portugal

  • Redação Autoportal
  • 1 set 2020, 12:38
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim
Volkswagem ID.3

Primeiro veículo de produção totalmente elétrico da Volkswagen está pronto para chegar ao mercado nacional

A Volkswagen revelou agora que vai fazer a estreia do novo ID.3 no mercado nacional nos próximos dias 19 e 20 de setembro.

O primeiro veículo de produção totalmente elétrico da marca germânica vai ser apresentado ao mercado nacional durante o Encontro Nacional de Veículos Elétricos, que terá lugar em Lisboa.

Organizado pela Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE), o encontro que é o maior evento dedicado à mobilidade elétrica em Portugal, terá lugar na Praça do Império (junto aos Jerónimos) em Lisboa e vai permitir dar a conhecer o novo Volkswagen ID.3.

Este novo modelo elétrico é o primeiro membro da nova família de veículos 100% elétricos da marca de Wolfsburg, que tem por base a plataforma MEB, especificamente concebida para os carros elétricos do grupo Volkswagen.

Disponível no lançamento como série limitada First, o ID.3 tem uma autonomia máxima de 420 km, sendo a potência transmitida do motor para o eixo traseiro através de uma caixa de uma velocidade.

O ID.3 First, equipado com bateria de 58 kWh, permitirá carregamentos AC de 11 kW e DC de 100 kW. Obtêm-se assim, em apenas 30 minutos, cerca de 290 km de autonomia com uma potência de carga de 100 kW.

A longevidade está assegurada, já que a Volkswagen oferece uma garantia de oito anos ou 160.000 km para as baterias do ID.3.

Os preços do ID.3 First começam nos 38.017 Euros (sem despesas administrativas ou de transporte).

RELACIONADOS

Volkswagen ID.3 faz 531 km com apenas uma carga

VW já tem preços e datas para entregar os primeiros ID.3 em Portugal

Volkswagen lança o novo Caddy Mini-Camper

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS