Elon Musk apresenta o Tesla Model Y para 2020 (versões e preços)

  • Redação Autoportal
Tesla apresenta o Model Y

Este é o SUV compacto da marca de veículos elétricos

Elon Musk apresentou nesta sexta-feira (madrugada portuguesa) o Tesla Model Y, o SUV compacto da marca exclusivamente elétrica que chegará em 2020.

O empresário definiu o Model Y como um veículo juntará a “funcionalidade de um SUV com o comportamento de desportivo” frisando que “a segurança será o primeiro objetivo”.

Com as baterias no solo deixando-o com centro de gravidade muito baixo, o Model Y permitirá uma autonomia até às 300 milhas (482 km) juntando outras características como o teto panorâmico, os sete lugares (opcional), ou o Autopilot.

A gama do Model Y anunciada por Musk tem quatro versões: o Standard Range (com entregas agendadas para 2021), o Long Range, o Dual Motor AWD e o Performance (todos para 2020).

O Standard Range tem autonomia de 370 km, velocidade máxima de 193 km/h, acelera do 0 aos 96 km/h em 5.9s e custará 39 mil dólares (34,4 mil euros).

O Long Range tem uma autonomia de 482 km, velocidade máxima de 209 km/h, acelera dos 0 aos 96 km/h em 5.5s e custará 47 mil dólares (41,5 mil euros).

O Dual Motor AWD tem uma autonomia de 450 km, velocidade máxima de 217 km/h, acelera dos 0 aos 96 km/h em 4.8s e custará 51 mil dólares (45 mil euros).

O Performance tem uma autonomia de 450 km, velocidade máxima de 241 km/h, acelera dos 0 aos 96 km/h em 3.5s e custará 60 mil dólares (53 mil euros).

O Model Y vai engrossar a frota de modelos da Tesla já composta pelos Model S, X e 3 e que aguarda também já pelo superdesportivo Roadster e pelo camião Semi – no universo de uma marca que já vendeu mais de meio milhão de carros.

Elon Musk anunciou também que está para chegar a terceira geração de supercarregadores, que permitirão deixar o Model 3 numa hora com carga para 600 km num a hora.

No presente, a Tesla tem 12 mil supercarregadores em 1.400 estações espalhadas por 36 países.

  • TEMAS:
  • Tesla

  • Model Y

  • Elon Musk

Veja mais