Queria comprar um Ferrari de coleção e fugiu com ele

  • Redação Autoportal
Ferrari 288 GTO (Polícia de Düsseldorf)
Ferrari 288 GTO (Polícia de Düsseldorf)
Ferrari 288 GTO que pertenceu ao piloto de Fórmula 1, Eddie Irvine foi furtado durante um 'test drive'

Um "colecionador" de carros desportivos utilizou um 'test drive' na Alemanha para fugir com um Ferrari 288 GTO de 1985, modelo que teve uma produção de apenas 272 carros.

Tudo aconteceu na última terça-feira na cidade alemã de Düsseldorf, quando o homem apareceu num concessionário de táxi com a intenção de adquirir um Ferrari de coleção que pertenceu ao antigo piloto britânico de Fórmula 1, Eddie Irvine, que foi piloto da marca de Maranello entre 1996 e 1999.

Na hora de testar as capacidades do Ferrari 288 GTO com 43.000 km e quando tudo se preparava para a troca de condutores, o vendedor saiu do carro e o potencial cliente carregou a fundo no acelerador e desapareceu com o Ferrari, segundo revelou a BBC.

A polícia alemã foi chamada ao local e rapidamente divulgou o furto do Ferrari através das redes sociais, bem como uma fotografia do homem.

O responsável pelo concessionário revelou aos jornais locais que o homem trocou vários telefonemas e e-mails, durante várias semanas, revelando o interesse na aquisição do Ferrari e que nada fazia prever aquele desfecho.

O trabalho da polícia acabou no entanto por resultar já que o Ferrari 288 GTO foi localizado na noite de terça-feira numa garagem perto da cidade de Düsseldorf, mas o condutor continua desaparecido.

  • TEMAS:
  • Ferrari 288 GTO

  • Eddie Irvine

  • Policia

Veja mais