Mustang elétrico vem para a Europa com 459 cv e 595 km de autonomia

  • Redação Autoportal
VÍDEO: Ford Mustang torna-se elétrico com o SUV Mach-E
Novo SUV Mustang Mach-E é bandeira da ofensiva eletrificada da Ford na Europa

O novo Ford Mustang Mach-E apresenta-se com números que impressionam nas várias versões com que vai chegar ao mercado europeu. O SUV 100% elétrico da marca norte-americana vai dos 460 cv de potência aos 600 km de autonomia passando por uma aceleração até aos 100 km/h abaixo dos cinco segundos.

Pela primeira vez em 55 anos, a Ford expande o símbolo do Mustang a um modelo para além do icónico «muscle car» coupé ou descapotável (conhecido também pelas várias versões especiais). Agora, o pónei a galope de crina ao vento vai estar na frente sem grelha do novo SUV elétrico que marca a nova era Ford com 14 modelos eletrificados na Europa até final de 2020.

É para o final do ano que está marcada a chegada do novo Ford Mustang Mach-E com opções que incluem baterias de longa autonomia e tração integral para os motores de imã permanente. Equipado com uma bateria de longa duração e tração traseira, o SUV Mustang elétrico aponta a uma autonomia de 595 km.

Com tração integral e a mesma bateria de longa duração, o Mach-E oferecerá 248 kW (333 cv) de potência e um binário de 565 Nm. Mas o novo SUV Ford chegará também com uma versão especial Mustang Mach-E GT que aponta a menos de 5 segundos dos 0 aos 100 km/H fruto dos 342 kW (459 cv) e 830 Nm de binário.

As baterias de iões de lítio terão 75,7 kWh de capacidade na versão standard e 98,8 kWh na versão de longa duração – 288 células de iões de lítio para as standar e 376 células para as outras. As baterias serão colocadas sob o chão entre os dois eixos para otimizar espaço e baixar o centro de gravidade.

Além da tomada doméstica, a Ford Connected Walbox à disposição permitirá aumentar para cerca de 61 km a capacidade de carregamento por hora. O acesso ao FordPass Connect dará ligação à rede europeia de carregamento da marca em 21 países, assim haverá ligação ao consórcio Ionity de que a Ford é fundadora.

Com picos de carregamento de 150 kW naquela rede, o Mustang Mach-E com bateria de longa duração e tração traseira pode carregar eletricidade para 92 km em 10 minutos num posto de carreamento rápido DC. Com a bateria standard, o carregamento em corrente contínua aponta para entre 10 e 80% da capacidade em menos de 40 minutos.

A navegação identificará postos de carregamento públicos é uma das ferramentas do novo sistema SYNC de comunicação e infoentretenimento, com um ecrã de 15,5’’ no tabliê e compatibilidade sem fios com Apple CarPlay, Android Auto e AppLink com ‘updates’ automáticos.

O conforto passa pelo sistema de som B&O e estreia o smatphone como chave na Ford. O Mach-E tem um habitáculo concebido para cinco passageiros adultos e quanto á bagagem, oferece 402 litros de capacidade na mala traseira, que podem chegar aos 1.420 litros com o rebatimento dos bancos. À frente existem ainda mais 100 litros extra num compartimento drenável apto para materiais sujos ou molhados.

A opção pelo tejadilho panorâmico vem com um vidro especial com proteção de infravermelhos para manter o interior fresco no verão e quente no inverno assim como protege contra os raios ultravioleta.

O Ford Mustang Mach-E terá três modos de condução (e um modo especial de arranque) e dispõe de novas pinças nos travões Brembo, suspensão ativa com sistema de amortecedores MagneRide. Uma First Edition com bateria de longa duração e tração integral estará disponível no azul metálico característico da Ford.

Ford apresenta um novo Mustang SUV e 100% elétrico
  • TEMAS:
  • Ford

  • Mustang

  • Mach-E

Veja mais