Trimarã da Maserati leva o nome do novo SUV Grecale a todo o mundo

  • Redação Autoportal
  • 20 ago, 15:45

Em contagem decrescente para a apresentação do novo SUV, marca italiana ostenta o nome Grecale na vela do seu trimarã de competição.

A Maserati deu início à contagem decrescente para a apresentação pública do seu novo SUV, de nome Grecale (ver aqui), a acontecer no próximo mês de novembro, com o hastear de uma nova vela no seu trimarã.

O Maserati Multi 70, assim se chama a embarcação, ostenta agora uma vela na qual a inscrição Grecale surge em grandes dimensões, criando-se assim um maior simbolismo em torno do facto da marca italiana escolher nomes de ventos para batizar os seus automóveis.

PUB

O novo Grecale, cujas "fotos-espias" aqui mostramos, SUV que se posicionará abaixo do Levante, segue a tradição iniciada em 1963 com o modelo Mistral e mais tarde com os modelos Ghibli, Bora, Merak e Khamsin, já que o seu nome tem origem num vento forte do nordeste do Mediterrâneo.

Assim que a nova vela principal foi içada e o nome de Grecale apareceu, o navegador recordista originário de Milão, Giovanni Soldini, e a sua tripulação tornaram-se porta-estandartes de uma nova era na Maserati.

Carlos Tavares, CEO da Stellantis, experimentou o Maserati Grecale no início do ano
PUB

O objetivo da marca do tridente é agora levar o nome Grecale a vários pontos do mundo, através da participação do trimarã Maserati Multi 70 em múltiplas competições ao longo dos próximos meses.

O Multi 70 é considerado o “barco de laboratório”, para o qual os engenheiros do “Innovation Lab”, situado em Modena, Itália, transferiram o seu know-how em aerodinâmica e desempenho.

Os mesmos valores que, segundo a Maserati, guiam diariamente os seus colaboradores no desenvolvimento de todos os novos modelos da marca.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Maserati e Fragment criam versões do Ghibli inspiradas na cultura urbana japonesa

Maserati apresenta Levante numa versão única e exclusiva

Fotos espia camuflado e vídeo com o som do novo Maserati 100% elétrico

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS