Hyvia é a nova "power venture" para a mobilidade via hidrogénio da Renault e do Grupo Plug Power

Hyvia a nova "power venture" Renault Plug Power
Hyvia a nova "power venture" Renault Plug Power

A Renault e o grupo norte-americano Plug Power lançam a Hyvia uma “joint venture” energética para o desenvolvimento do hidrogénio

Foi formalmente constituída no início de junho a nova "joint venture" ou, melhor dizendo no segmento da energia: “power venture”, entre o Renault Group e a Plug Power, que resulta na Hyvia, empresa dedicada ao desenvolvimento de soluções de hidrogénio, conforme intenção demonstrada já no início deste ano.

O nome Hyvia é a contração de Hy do inglês “Hydrogen” e da palavra de origem latina “Via” que significa estrada, acentuando desta forma a ambição de abrir um novo caminho rumo à mobilidade carbónica neutra.

PUB

Os americanos da Plug Power são especialistas em soluções de hidrogénio e esta parceria irá permitir acelerar a oferta de veículos comerciais ligeiros (VCL) movidos a hidrogénio.

Por outro lado, a intenção da Hyvia passa pela criação de um completo eco-sistema de tecnologias inovadoras e serviços para a mobilidade via hidrogénio.

O objetivo da Hyvia é ter em 2030, uma quota de 30 por cento do mercado total de VCL movidos a hidrogénio em toda a Europa.

Luca di Meo, CEO Renault Group e Andrew Marsh, CEO Plug Power (Imagem: Renault Group - Direitos Reservados)
PUB

O acordo foi celebrado entre Luca Di Meo, CEO do Renault Group e Andrew Marsh, CEO do grupo Plug Power, tendo sido escolhido como CEO da Hyvia o francês David Holderbach, diplomado em Engenharia Aeroespacial na Universidade Estatal do Arizona e especialista em estratégia e produto, entre outros setores, no Grupo Renault há duas décadas.

David Holderbach, CEO da HYVIA (Imagem: Renault Group: Direitos Reservados)

Este consórcio será constituído em partes iguais entre franceses e americanos conforme comunicado conjunto no passado dia 02 de junho e terá a sede em França, em Villiers-Saint-Frédéric, base das operações e onde estará localizado também o centro de Engenharia, Pesquisa e Desenvolvimento

PUB

A unidade de produção de baterias de células de combustível de hidrogénio, as estações de recarregamento e fornecimento de hidrogénio ficará situada em Flins, onde a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi já tem a principal fábrica de veículos elétricos.

Em Gretz-Armainvilliers a PVL, empresa subsidiária do Grupo Renault, irá proceder à integração dos sistema Fuel Cell na produção da Renault Master (em Batilly).

PUB

A Hyvia é um importante passo na descabornização das frotas comerciais.

 

Continuar a ler

RELACIONADOS

Toyota Mirai bate recorde mundial e cumpre mais de 1.000 km com um depósito de hidrogénio

Peugeot arranca produção em série de modelos a hidrogénio com o e-Expert

Hyundai Nexo aumenta recorde mundial de distância para veículos a hidrogénio

Toyota reforça aposta na mobilidade a hidrogénio

COMPUTADOR DE BORDO

Governo irá reduzir 50% do valor das portagens nas ex-SCUT em 1 de julho

Desconfinamento: 10 Dicas para o seu carro

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

VEJA MAIS

MAIS LIDAS