Mercedes anuncia entrega dos primeiros GLC F-Cell

  • Redação Autoportal
GLC F-Cell: o Mercedes híbrido plug-in de zero emissões

A Mercedes anunciou que vai lançar no mercado o GLC F-Cell entregando os primeiros veículos a “clientes selecionados do mercado alemão” onde estão incluídos desde gabinetes governamentais a algumas empresas.

O Mercedes GLC F-Cell é o SUV híbrido da marca alemã de zero emissões combinando as propulsões com bateria e com hidrogénio («fuel cell») e dispondo da tecnologia plug-in para carregamento exterior.

O SUV da Mercedes permite rodar exclusivamente com a eletricidade da bateria assim como com recurso ao consumo exclusivo de hidrogénio puro num regime que permite optar pelo modo mais conveniente de acordo com o trajeto.

Com uma autonomia “longa” de 430 km com o hidrogénio e “tempos de carregamentos rápidos”, o GLC F-Cell consegue repor os dois tanques de hidrogénio em três minutos – ganhando ainda mais 51 km de autonomia no modo hibrido.

O Mercedes GLC F-Cell dispõe de quatro modos operativos:

Híbrido: o veículo colhe energia das duas fontes. Os picos de energia são geridos pela bateria, enquanto o «fuel cell» funciona no seu grau ótimo de eficiência ótimo.

F-Cell: o estado da carga da bateria de alta voltagem é mantido constante pela energia do «fuel cell». Apenas hidrogénio é consumido. Este modo é ideal para rodar de forma constante em distâncias longas.

Bateria: o GLC F-Cell funciona de modo totalmente elétrico e é movido pela bateria de alta voltagem. O sistema F-Cell não está a operar. É o ideal para distâncias curtas.

Carga: carregar a bateria de alta voltagem tem prioridade, por exemplo, no sentido de recarregar a bateria para o máximo antes de recarregar com hidrogénio ou criar reservas de energia.

Em todos os modos há uma função de recuperação de energia em travagem ou quando estacionado armazenando-a na bateria.

Comentários

Veja mais