Brabham de F1 de 1975 vai rodar no Festival de Goodwood deste ano

  • Redação Autoportal
  • 1 jul, 18:14

Junta-se ao IGM F750 de 1972, o outro modelo criado pelo reputado designer Gordon Murray que o próprio irá conduzir na famosa rampa

São dois os automóveis de competição históricos criados pelo conhecido designer automóvel Gordon Murray que este ano marcarão presença no Festival de Velocidade de Goodwood. No evento a decorrer entre os dias 8 e 11 de Julho, como habitualmente em Goodwood House, no sul de Inglaterra, tanto o Brabham Ford BT44B como o IGM F750 irão percorrer a famosa rampa de 1,87 km, para gáudio dos entusiastas do mundo automóvel ali presentes.

Os dois modelos serão conduzidos durante o fim de semana pelo próprio Gordon Murray, agora com 75 anos, a par do escocês Marino Franchitti (irmão do também piloto Dario Franchitti), entre outros pilotos.

PUB

Sobre o IGM F750 de 1972, foi o primeiro automóvel de competição desenhado por Gordon Murray após a sua chegada ao Reino Unido proveniente da África do Sul, em 1969. Com o objetivo de competir na Fórmula 750, o designer projetou este inovador chassis monocoque, que se caracterizava por oferecer uma posição de condução mais inclinada, radiador traseiro e jantes de 10 polegadas, tendo em vista a redução de altura da zona dianteira. O modelo que marcará presença em Goodwood será o chassis T.4 001, reconstruído pelos engenheiros da Gordon Murray Design em 2019 quando foram descobertos os seus componentes desmantelados.

PUB

Já o Brabham Ford BT44B, é a versão mais evoluída a nível aerodinâmico do bem-sucedido BT44 e deu ao brasileiro Carlos Pace a sua única vitória na Fórmula 1, a competir em casa no Grande Prémio do Brasil de 1975. Com o argentino Carlos Reutemann ao volante, então seu colega de equipa na Brabham, o BT44B conquistou ainda a vitória no GP da Alemanha no mesmo ano. Está equipado por um motor Ford de 3.0 litros de 460 cv. A sua versão original, o BT44, foi o primeiro monolugar de F1 a ter a suspensão traseira diretamente ligada ao motor.

PUB

“O Festival de Velocidade de Goodwood é o derradeiro evento para qualquer entusiasta do automobilismo”, sublinha Gordon Murray.

 

“É por esse motivo que adoraria ver dois dos meus automóveis de competição favoritos a percorrer aquela rampa. Ambos os carros demonstram a vantagem trazida pela inovação dos componentes de baixo peso e ambos estabeleceram os princípios que me permitiram ter uma carreira de sucesso no automobilismo. Mal posso esperar para vê-los a ser conduzidos pela rampa fora e poder eu mesmo voltar a experimentá-los”, remata o sul-africano.

PUB

 

Continuar a ler

RELACIONADOS

Vídeo: T.50 faz primeiro ‘test drive’ com Gordon Murray ao volante

T.50S ‘Niki Lauda’ é o novo supercarro de Gordon Murray com 735 cv

Gordon Murray já tem data para apresentação do T.50S de competição

Brabham revela o BT62R: o superdesportivo de estrada com 700 cv

COMPUTADOR DE BORDO

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

Atenção às datas de revalidação de carta de condução. Faça tudo online e poupe 10%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS