Gordon Murray T.50S: das ruas para as pistas com 730 cv

  • Redação Autoportal
Gordon Murray Automotive T.50S
Gordon Murray Automotive T.50S
Produção do novo modelo destinado às corridas vai começar em 2023

Gordon Murray Automotive anunciou agora uma versão do supercarro T.50 destinada às corridas, que será ainda mais leve, rápida e mais potente.

Com as 100 unidades de estrada do T.50 esgotadas, a empresa revelou agora a primeira imagem da versão de pista T.50S, que terá uma edição limitada a 25 unidades.

O novo modelo da Gordon Murray Automotive vai contar com um motor V12 de 4.0 litros que debita de 730 cv e dispõe de um caixa sequencial de seis velocidades que transmite a potência às rodas traseiras com um 'red line' a 12.100 rpm.

O novo T.50S apresenta ainda um peso de apenas 890 kg, ou seja, menos 94 kg que a versão de estrada, beneficiando da remoção ar condicionado, do sistema de infoentretenimento e de um dos bancos, bem como todos os compartimentos de arrumação.

Tal como na versão de estrada, também no T.50S o condutor senta-se ao centro, desta vez beneficiando de um banco de fibra de carbono equipado com um arnês de seis pontos.

À esquerda do condutor, apenas um banco de passageiro, ao contrário da versão de estrada que contava com dois, permitindo acomodar um co-piloto ... ou um passageiro muito corajoso!

Em matéria de aerodinâmica o novo modelo de pista da Gordon Murray apresenta uma nova asa que acompanha toda a linha central do carro que faz lembrar o Brabham BT52 F1 desenhado por Gordon Murray em 1983.

Para além disso, foi instalado um novo lábio dianteiro, um reforço estrutural na base do carro e novos difusores ajustáveis, o que segundo a marca permite a este modelo ser capaz de gerar mais de 1500 kg de ‘downforce’, ou seja mais de 170% face ao peso do carro.

O chassis do novo T.50S foi melhorado ao nível da geometria da suspensão, enquanto a altura ao solo foi reduzida em 40 mm, face à versão de estrada, e instaladas novas entradas de refrigeração para os travões. Para além disso, esta versão de pista da Gordon Murray Automotive está dotada de jantes em magnésio.

O outro aprimoramento aerodinâmico significativo sobre as especificações de estrada do T.50 é uma aleta aerodinâmica que vai do topo do teto até a borda traseira do carro, dominando o perfil traseiro. A barbatana melhora a eficiência e estabilidade nas curvas, bem como limpa e canaliza o ar sobre a carroçaria do carro em direção à asa delta.

Além de otimizar a força descendente e a estabilidade nas curvas, o pacote aerodinâmico também permite que o T.50s gere cerca de 2,5 G - 3G na travagem.

A Gordon Murray Automotive já fez saber que a produção dos 25 carros da versão de pista vai começar no primeiro trimestre de 2023 e que cada modelo terá um preço de 3,1 milhões de libras, antes de impostos, ou seja, 3,5 milhões de euros.

  • TEMAS:
  • Gordon Murray Automotive

  • T.50S

  • V12

Veja mais