Novo Volkswagen Golf chega a Portugal em março e já tem preço

  • Redação Autoportal
  • 13 dez 2019, 18:03

Oitava geração do popular modelo da marca germânica chega mais conectado do que nunca

O novo Volkswagen Golf vai chegar ao mercado nacional no final do primeiro trimestre de 2020, com com quatro níveis de equipamento e um ampla oferta de motorizações.

O modelo de maior sucesso de todos os tempos da marca germânica entra na sua oitava geração mais conectado do que nunca com o meio ambiente que o envolve, apostando no digital, elétrico e na inovação.

O novo Golf marca o início da última versão da inovadora plataforma modular transversal (MQB) estreada por este modelo em 2012. Só em 2018, a Volkswagen produziu mais de 3,4 milhões de unidades dos seus modelos na plataforma MQB, incluindo também o Passat, o Tiguan e o T-Roc (cerca de 5,1 milhões de unidades de todos os modelos do Grupo Volkswagen).

Desde a estreia do primeiro Golf há 45 anos, este Volkswagen sempre conseguiu combinar uma elevada versatilidade para o dia a dia com um design sóbrio e preciso. O novo Golf mantém esta tendência. Um excelente exemplo na união perfeita entre estética e a funcionalidade é a sua silhueta. O elemento de design dominante que assinala a sua identidade é neste caso o característico pilar C do Golf, que transfere a forma icónica do Golf original para o presente.

A tecnologia LED substitui em todas as versões a tecnologia de iluminação convencional, razão pelo que o novo design de iluminação é um elemento de estilo dominante e inconfundível do novo Golf.

Embora o novo Golf não pareça tão alto, mais largo e dinâmico, as suas dimensões compactas foram mantidas apresentando assim 4.284 mm de comprimento, 1.789 mm de largura e 1.456 mm de altura. A distância entre eixos é de 2.636 mm.

No interior os novos instrumentos e sistemas de informação e entretenimento online fundem-se no mesmo nível para formar um posto de condução digital. Áreas individualizadas com botões táteis e controlos deslizantes complementam o espectro de informação desse mundo digital do Golf. Opcionalmente, o novo head-up display está disponível para complementar ainda mais o espectro de informações disponíveis.

A digitalização torna possível implementar uma operação amplamente auto explicativa e intuitiva, graças às superfícies táteis e ao controlo natural da voz. Os sistemas não foram apenas conectados entre si, mas também através de uma unidade de controlo do módulo de chamada de emergência e da unidade de comunicação online (OCU), com o mundo fora do Golf.

O novo Golf estabelece uma nova referência na categoria dos compactos em termos de funções de condução assistida: o “Travel Assist”, utilizado pela primeira vez em todo o mundo num modelo da classe compacta, torna possível que o Volkswagen seja conduzido com assistência a velocidades até 210 km/h sem necessidade de haver intervenção de forma ativa na direção, na aceleração ou na travagem.

Para além disso a nova geração do Golf conta com a função Car2X que utiliza as informações fornecidas por outros veículos num raio até 800 metros, além de sinais da infraestrutura de tráfego para alertar os condutores e também para transmitir esses avisos para outros modelos de Car2X. Como resultado, a inteligência coletiva torna-se hoje já uma realidade. Os novos faróis matriciais LED IQ.LIGHT também proporcionam uma segurança adicional com as suas funções de iluminação parcialmente interativas.

Em matéria de motorizações são várias os blocos que vão estar disponíveis para o mercado nacional, a gasolina (TSI), Diesel (TDI), Mild Hybrid (eTSI) e híbrido plug-in (eHybrid). Todos os motores a gasolina e Diesel são de injeção direta com sobrealimentação.

As potências estão compreendidas entre 110 cv e mais de 300 cv. Pela primeira vez são utilizadas oito versões diferentes de propulsão no Golf. De destacar o motor a gasolina de 3 cilindros – com 110 cv de potência – e dois blocos Diesel de 4 cilindros com 115 cv e 150 cv.

Em matéria de motores híbridos, a Volkswagen vai contar com cinco novas unidades híbridas para o novo Golfe.

Para isso a marca germânica recorreu à tecnologia de 48V com bateria de iões de lítio para oferecer no Golf eTSI três níveis de potências: 110 cv (81 kW); 130 cv (96 kW) e 150 cv (110 kW).

Para além disso vão estar disponíveis duas variantes híbridas plug-in. Uma versão eHybrid que debita 245 cv (180 kW) na versão GTE com uma configuração desportiva. O Golf eHybrid está equipado com uma nova bateria de iões de lítio de 13 kWh, que permite amplas autonomias elétricas e converte temporariamente o Golf num veículo com zero emissões.

Quanto a preços, a Volkswagen já fez saber que a versão de entrada na oitava geração do Golf, equipada com o bloco 1.0 TSI terá um preço que arranca 26.000 euros

RELACIONADOS

Novo Volkswagen Golf mostra-se ao mundo em Portugal

Vídeo: M135i, AMG A35, Golf R e S3 tiram teimas entre eles

Vídeo: rinoceronte dá uma sova no Golf da tratadora (com ela lá dentro)

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada