Yamaha renova o lado negro com a versão 2020 da MT-125

  • Redação Autoportal
Nova Yamaha MT-125 chega em dezembro
Novo motor e um novo design são as apostas fortes da renovada Naked da Yamaha

Desde o seu lançamento, a gama MT da Yamaha, tornou-se numa das gamas mais bem-sucedidas de sempre produzidas pela marca, com quase um 250 mil unidades vendidas só na Europa.

O segmento Hyper Naked atual inclui modelos entre 125 cc e 1000 cc e oferece a todos os motociclistas a oportunidade de melhorar a experiência e a performance.

Agora a Yamaha decidiu renovar a sua MT-125 e dotou este modelo de um novo motor, que beneficia de algumas das mais avançadas tecnologias, entre as quais se destaca o sistema de atuação variável das válvulas (VVA) derivado da YZF-R125, que garante elevados níveis de performance e, simultaneamente, fornece bastante binário a velocidades mais baixas.

Para além disso esta MT-125 2020 conta com uma nova embraiagem assistida e deslizante que permite ainda reduções rápidas e suaves, ajudando a manter a estabilidade do chassis, e proporciona um controlo melhorado na redução de velocidades.

No que toca às suspensões, este novo modelo está dotado de suspensões dianteiras invertidas de 41 mm que proporcionam 130 mm de suspensão com resposta rápida para uma manobrabilidade precisa e uma melhor aderência, enquanto a suspensão traseira conta com um mono-amortecedor de forma a proporcionar melhores níveis de conforto de condução.

Em matéria de designe este novo modelo apresenta um visual mais leve e agressivo que transmite o seu caráter ágil e emocionante, onde se destacam os faróis tipo olhos com duas luzes de presença e por baixo destas um farol LED.

O depósito de combustível mais pequeno e o novo banco numa única peça permitem ao utilizador mover livremente o peso corporal pela moto ao travar ou em curvas, proporcionando assim uma melhor sensação de controlo.

Para obter uma posição de condução ligeiramente mais vertical, os poisa pés foram deslocados para a frente e a posição do guiador foi elevada.

Esta nova MT-125 está equipada com um painel de instrumentos que contribui para um visual mais moderno. Este painel de instrumentos incorpora um ecrã LCD em negativo que inclui um velocímetro digital ao centro, conta-rotações de barras, dois conta-quilómetros parciais, indicador de autonomia em reserva de combustível e relógio, bem como o consumo de combustível médio e atual, a velocidade média e um ecrã de boas-vindas.

Esta nova MT-125 vai chegar ao mercado já a partir do próximo mês de dezembro.

  • TEMAS:
  • Yamaha

  • MT-125

  • Hyper Naked

Veja mais