Está a chegar um grande aliado na proteção do seu carro

  • Redação Autoportal
  • 21 out 2021, 09:30

Sistema de segurança antirroubo IGLA é totalmente digital, está conectado ao telefone e a sua instalação não afeta a garantia dos veículos

A GT Tronic trouxe para Portugal um novo sistema antirroubo russo, chamado IGLA, que promete vir revolucionar o mercado dos alarmes. O IGLA é um inibidor de arranque que utiliza o sistema do carro e que pode ser controlado através de uma aplicação no telemóvel ou dos botões do automóvel.

Apenas permite o arranque do carro caso se verifique uma das três premissas: se o comando de proximidade estiver dentro do carro, se for dada autorização para o arranque através da aplicação disponível para Android e iOS ou se for colocado o código nos botões de origem do veículo.

PUB

Este código pode ser alterado em qualquer altura, não sendo necessário ir a um instalador oficial.

É um sistema completamente digital e cada veículo tem um sistema próprio que se adapta ao software e hardware do fabricante.

Este sistema de segurança distingue-se de grande parte das restantes opções no mercado por não ser necessário fazer cortes nos fios para a sua instalação. Por essa razão, de acordo com a fabricante, quem opta por instalar o IGLA não perde a garantia do veículo.

PUB

O sistema de segurança digital pode ser também facilmente instalado em veículos elétricos ou híbridos, uma vez que não há o risco de se cortar as ligações elétricas que podem danificar o veículo.

Outra das grandes vantagens deste sistema de segurança cujo nome significa agulha em russo é o seu tamanho e o facto de poder ser instalado em qualquer parte do carro. Konstantin Zapolnev explica que isto é possível porque nos veículos novos, “todas as unidades, desde a parte traseira à parte da frente, passando pelas portas e pelo tejadilho, estão conectadas à rede” e o dispositivo conecta-se a esta rede.

PUB

Não emite qualquer som ou vibração e, de acordo com a IGLA, não é detetável por qualquer equipamento externo, nem mesmo por máquinas de diagnóstico das oficinas.

Atualmente estão disponíveis três versões: o IGLA 231; o IGLA Alarme; e o IGLA GPS.

O IGLA 231 é o sistema-base e, para além de bloquear o arranque do carro quando há uma tentativa de roubo, tem também uma proteção anti-carjacking. Caso as portas do veículo sejam abertas enquanto o carro está com o motor ligado, ao fim de uns metros e depois de haver uma redução de velocidade, o veículo para e tranca as portas.

PUB

O IGLA Alarme inclui as funcionalidades do 231 e tem também um sensor integrado que deteta movimento, choque e inclinação e que faz disparar um alarme sonoro e visual.

O IGLA GPS é um localizador que permite ver onde se encontra o veículo, em tempo real e através da aplicação da marca. Para que funcione, é necessário ter um cartão de dados móveis. A IGLA oferece o serviço por 24 euros por ano e com cobertura na zona 1 da Europa, assim como em Andorra e no Mónaco.

Todas as versões podem ser controladas através de uma aplicação de smartphone que é compatível com todos os telefones com Bluetooth 5.0 independentemente de terem o sistema operativo iOS ou Android.

Por ser um sistema digital, nem todos os veículos na estrada são compatíveis. O IGLA 231 está apto para praticamente qualquer veículo que tenha sido lançado a partir de 2010/2011. O IGLA Alarme dá para grande parte dos veículos lançados a partir de 2016 e o IGLA GPS pode ser instalado em cerca de 20 por cento dos veículos mais recentes.

PUB
PUB

De momento, existem nove instaladores oficiais, mas José Carlos Alves, Diretor Geral da GT Tronic, conta aumentar a rede para trinta instaladores durante os próximos meses.

Os valores do IGLA começam nos 415 euros, sem instalação, e vão aumentando conforme o tipo de solução adquirida.

Como explicou Nicolás Martinez, diretor da IGLA para o oeste da Europa, “não é só um produto para veículos de alta-gama”. “Se gasto 20 mil ou 25 mil euros num automóvel, não quero que ele seja roubado. Por 400 euros ou pouco mais tenho uma solução que pode impedir um roubo”, garante.

A IGLA está já a trabalhar numa nova versão que visa impedir a repetição de sinal das chaves de aproximação, evitando furtos ao interior do carro. Deverá chegar ao mercado nos próximos meses.

[artigo atualizado]

Continuar a ler

RELACIONADOS

Porsche já tem bancos à medida feitos em impressoras 3D para vários modelos

Bridgestone faz pneus específicos para o Ferrari Roma

Spin junta-se à Google para simplificar as deslocações diárias

Stellantis e Foxconn juntam-se para desenvolver veículos inteligentes

A BMW deu mesmo início a uma nova era. E todos estão convidados

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS