Investigação da Toyota pode acelerar desenvolvimento da condução autónoma

  • Redação Autoportal
  • 11 nov, 11:00
Rastreio multiobjectos da Toyota
Rastreio multiobjectos da Toyota

Documentos apresentados na Conferência Internacional sobre Visão Computacional têm o ‘machine learning’ como base de investigação

O Toyota Research Institute (TRI) anunciou o desenvolvimento de seis trabalhos de investigação no domínio do ‘machine learning’, na Conferência Internacional sobre Visão Computacional (ICCV, na sigla em inglês), que recentemente teve lugar em formato digital.

De acordo com o próprio instituto, as investigações realizadas produziram avanços consideráveis na compreensão de várias tarefas cruciais para a perceção robótica incluindo segmentação semântica, deteção de objetos 3D e rastreio multiobjectos.

PUB

Nos últimos seis anos, os investigadores do TRI fizeram progressos significativos em robótica, condução autónoma e ciência dos materiais, em grande parte devido ao ‘machine learning’ – a aprendizagem que consiste na execução de algoritmos que criam de modo automático modelos de representação de conhecimento com base num conjunto de dados.

“O ‘machine learning’ é a base da nossa investigação. Estamos a trabalhar para criar avanços científicos nesta área para depois os aplicar na aceleração de descobertas em robótica, condução autónoma e testes e desenvolvimento de baterias”, explicou Gill Pratt, diretor executivo do TRI.

PUB

Nos seis trabalhos partilhados na ICCV, os investigadores do TRI relatam várias descobertas importantes, em particular o facto de a aprendizagem geométrica auto-supervisionada melhorar significativamente a transferência de simulações para a compreensão de situações reais.

As investigações realizadas pela equipa liderada por Adrien Gaidon mostram ainda que o pré-treino auto-supervisionado em larga escala aumenta consideravelmente o desempenho de detetores de objetos 3D baseados em imagem; o que poderá trazer enormes benefícios no desenvolvimento de soluções de condução autónoma.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Toyota é a marca de automóveis mais valiosa, seguida da Mercedes, a melhor europeia

Toyota Corolla alcança o marco das 50 milhões de unidades vendidas

Toyota Yaris Cross já cá está: do primeiro contacto em estrada aos preços

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS