Renovado Classe E chega no verão já com versões AMG e All-Terrain

  • Redação Autoportal
  • 4 mar 2020, 14:05

Modelo mais vendido da Mercedes renova-se por fora e estreia motores

A Mercedes revelou o novo Classe E redesenhado nas variantes sedã e carrinha que chegam no verão e vêm já acompanhadas das versões AMG bem como da mais aventureira All-Terrain (com imagens disponíveis apenas em vídeo).

Uma das novidades do Classe E de 2020 é desde logo a introdução da versão base com a linha desportiva exterior Avantgarde Line renovada quer na grelha quer nos para-choques. Daquela aos AMG passando pelo All-Terrain, todos trazem um capô novo com luzes full-LED redesenhadas à frente e atrás, onde também o para-choques é novo.

O interior não fica fora desta renovação contornos e elementos com um novo volante sensível à presença das mãos do condutor na condução semiautónoma já disponível, entre cujas várias opções de assistentes se destaca nas que já são de série a travagem de emergência com reconhecimento de peões e obstáculos.

O novo volante com três configurações dá acesso ao painel de instrumentos e ao infoentretenimento com controlos táteis numa superfície que se torna mais lisa. O sistema

MBUX é o da última geração da Mercedes com dois ecrãs de 10,25’’ de série.

O novo Classe E comporta sete modelos com motorizações híbridas plug-in (entre gasolina e diesel, carro e carrinha) com potências que vão dos 155 aos 363 cv nas versões a gasolina e dos 159 aos 326 cv nos diesel.

O modelo mais vendido da marca alemã faz agora a estreia dos novos motores (M 254) de 4 cilindros com gerador de ignição integrado (ISG) oferecendo mais 15 kW (20 cv) de potência e 180 Nm de binário e com sistema de 48 V que melhoram a eficiência.

O motor de 6 cliindros (M 256) surge pela primeira vez no Classe E dispondo igualmente deste ISG de segunda geração, que implicou o desenvolvimento da transmissão 9G-Tronic, melhorada no desempenho e mais eficiente em termos de peso.

Em relação às versões de performance, as especificações são mais concretas, pois o Mercedes-AMG E 53 4Matic+, seja carro ou carrinha, oferece o motor de 3,0 litros eletrificado com 435 cv ed um binário de 250 Nm – com 16 kW (22 cv) e 250 Nm extra durante o arranque fruto do EQ Boost (motor de arranque /alternador) com funções híbridas que alimenta o sistema elétrico de 48 V.

Nas renovações de design que se diferenciam das introduzidas pela versão base, destacam-se trás o novo avental no sedã e o difusor na carrinha e a asa em A à frente sob a nova grelha. O interior também recebe as novas especificações AMG mais desportivas, do volante às funções do MBUX e os dois ecrãs são dispostos sob um vidro para formar o Widescreen Cockpit com três configurações possíveis: Modern Classic, Sport e Supersport.

Com a transmissão AMG Speedshift TCT 9-G (podendo ser controlada manualmente pelas patilhas no volante) associada à tração integral AMG Performnace 4Matic+, o poderoso novo E 53 consegue acelerações de 4.5 e 4.6 segundos dos 0 aos 100 km/ (respetivamente, para Sedan e Estate). A velocidade máxima é de 250 km/h, mas pode ser aumentada até aos 270 km/ com o AMG Driver’s Package.

RELACIONADOS

Familiares compactos Mercedes tornam-se híbridos plug-in

Novo Mercedes-AMG GLA 45 é um crossover desportivo

Novo Mercedes-Benz GLA chega na primavera e já tem preços

Guiámos a distinta e elegante Mercedes CLA 200d Shooting Brake

Mercedes mostra as primeiras imagens do novo EQS

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS