Elétrico Microlino quer passar à fase de produção (e já tem preço)

  • Redação Autoportal
  • 14 fev, 20:41
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim
Microlino 2.0 - Protótipo 1 (imagem Micro)

Microcarro aguarda pela homologação

O Microlino 2.0 já existe como protótipo e aguarda a homologação das autoridades europeias para rodar nas estradas para poder passar à fase de produção. A evolução feita pela empresa suíça Micro no seu (micro)utilitário já consumou o primeiro ‘test drive’.

Nascido com inspiração no ‘micro’ Isetta (dos anos 1950-60), de quem ‘herda’ a porta frontal, o atual protótipo evoluiu do Microlino 1.0 e já anuncia progressos na manobrabilidade. O conceito tubular do chassi passou para uma estrutura monobloco de aço prensado e alumínio que aumenta rigidez e segurança sem fazê-lo no peso.

A Micro quer ter agora cinco protótipos até junho antecedendo a esperada homologação europeia aguardada para agosto. O início da produção está prevista para o mês seguinte. Assim foi o primeiro ‘test drive’ do Microlino 2.0.

O Microlino tem um motor de 11 kW (15 cv) com 100 Nm de binário associado a uma bateria de iões de lítio de 8 kWh para uma autonomia de 125 km (200 km com a bateria opcional de 14,4 kWh).

O tempo de carregamento da bateria (standard) é de 4 horas numa tomada domºasdtica ou numa ‘wall box’ de 2 kW. O microcarro acelera dos 0 aos 50 km/h em 5 segundos e atinge os 90 km/h de velocidade máxima.

O Microlino de 2 lugares tem 220 litros de capacidade de carga; pesa 513 kg, e mede 2.430 mm de comprimento, 1.500 mm de largura e 1.450 mm de altura. O preço basde anunciado éd de 12 euros.

RELACIONADOS

Microlino é pequeno e prático e vai chegar em 2019

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS