Bell notification
Deseja receber notificações
autoportal.iol.pt
Permitir
Anular

Ford aposta na eletrificação com estreia europeia do Mustang Mach-E

  • Redação Autoportal
Ford Mustang Mach-E
Ford Mustang Mach-E
Até final de 2021, a Ford vai lançar na Europa 18 novos veículos eletrificados

A Ford revelou agora em estreia absoluta para o público europeu, o novo Mustang Mach-E, no momento em que a empresa lança também uma nova experiência “Go Electric” que ajudará os consumidores de toda a Europa a fazer uma transição informada para um futuro eletrificado.

O Mustang Mach-E elétrico lidera uma linha em rápida expansão de veículos eletrificados Ford. Até final de 2021, os clientes europeus da Ford poderão escolher entre 18 veículos eletrificados, contra os 14 modelos disponíveis até final deste ano.

A empresa compromete-se a disponibilizar opções eletrificadas em todos os futuros veículos de passageiros, e estima que, apenas com base nas variantes eletrificadas dos populares modelos Fiesta1, Focus1 e Kuga, as poupanças com gastos em combustível podem ultrapassar 30 milhões de euros anualmente.2

Os veículos Ford totalmente elétricos e híbridos plug-in serão apoiados por um ecossistema Ford Charging Solutions, que fornecerá acesso integrado e contínuo aos carregamentos domésticos em toda a Europa.

A Ford anunciou também os seus planos para introduzir, durante os próximos três anos, 1.000 estações de carregamento em instalações Ford em toda a Europa, de forma a que os seus funcionários desfrutem de operações de carregamento mais simples e convenientes, em linha com o apelo feito por Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa, aos governos, indústrias e instituições no sentido de apoiar o incremento da eletrificação com maior rapidez na expansão das infraestruturas de carregamento público.

As equipas de engenharia da Ford Europa estiveram envolvidas, desde o início, no processo de desenvolvimento do SUV elétrico Mustang Mach-E, de forma a proporcionar características compatíveis com as necessidades dos clientes europeus.

A suspensão, a direção e o controlo eletrónico de estabilidade do Mustang Mach-E, bem como as configurações de tração integral Mach-E 4, foram especificamente ajustadas para as estradas e estilos de condução europeus.

Equipado com bateria de longa autonomia e tração traseira, o Mustang Mach-E visa uma autonomia de condução eléctrica de até 600 km.

Com a capacidade de carga de um posto de carregamento Ionity (até 150 kW), o Mustang Mach-E obtém até 93 km de autonomia de condução com apenas 10 minutos de carga.4

  • TEMAS:
  • Ford

  • Eletrificação

  • Mobilidade elétrica

Veja mais