Elon Musk desiste da produção do Tesla Model S com 840 km de autonomia

  • Redação Autoportal
  • 7 jun, 11:03
Tesla Model S
Tesla Model S

Novo Model S contará apenas com as versões Plaid e Long Range

Elon Musk anunciou que o Tesla Model S Plaid+ já não vai ser produzido. O anúncio do cancelamento daquele que seria o modelo mais poderoso da marca foi feito pelo empresário nas redes sociais a propósito da chegada do novo Model S Plaid.

PUB

Musk anunciou que o Tesla Model S Plaid vai conhecer a luz do dia na “próxima semana” e que o “Plaid+ está cancelado”, pois “não há necessidade” de seguir com este modelo já que “o Plaid é tão bom”.

Na sucessão de posts sobre o tema, o fundador da Tesla atualiza a prestação do novo modelo Plaid para uma aceleração abaixo dos 2 segundos dos 0 aos 96 km/h (0-60 mph).

O Tesla Model S Plaid+ – que já não está disponível (apesar de ainda constar) no site português da Tesla, como chegou a ser lançado – iria oferecer 840 km de autonomia, uma aceleração 0-100 km abaixo da do seu irmão ‘sem +’ e 320 km de velocidade máxima.

A gama do novo Model S passa agora a ter o Plaid no topo, com o mesmo grupo de três motores elétricos e com as prestações, assim, idênticas às do modelo agora cancelado, mas descendo na autonomia oferecida, que é de 628 km.

PUB

A outra versão disponível do novo Tesla Model S é a Long Range, com dois motores elétricos, que aumenta autonomia para 663 km e desce a velocidade máxima para os 250 km/h e a aceleração 0-100 km/h para os 3.2s.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Tesla retira sensores de radar e diminui funcionalidades no Model 3 e Model Y nos EUA

Um tweet de Elon Musk bastou. Tesla já não aceita pagamentos por bitcoin

Produção da Tesla até final do semestre já está vendida

China previne saída do país das imagens filmadas pelos Tesla

COMPUTADOR DE BORDO

Governo irá reduzir 50% do valor das portagens nas ex-SCUT em 1 de julho

Desconfinamento: 10 Dicas para o seu carro

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

VEJA MAIS

MAIS LIDAS