Mobilidade: Metro do Porto e STCP já tem linhas que podem ser pagas via contactless

  • Redação Autoportal
  • 22 jul, 16:05
LUSA
Pagamento via contactless em Praga (foto: Plzen/D.R.)
Pagamento via contactless em Praga (foto: Plzen/D.R.)

Já não precisa do Andante para viajar na Linha E do Metro do Porto e 500 da STCP e poderá pagar a viagem com o seu cartão multibanco

Os transportes no Porto deram um passo em frente rumo a uma mobilidade mais inteligente e ao reforço da transição digital.

A exemplo do que já hoje acontece em cidades como Los Angeles, Praga (foto de abertura), Madrid ou Londres, o Porto passa agora a ter zonas onde é possível viajar de transportes sem necessidade de adquirir um título especial ou carregar o sistema local, o Andante.

PUB

Assim, a partir de hoje os utentes da linha violeta (E) do Metro do Porto, que serve o Aeroporto Sá Carneiro, e da linha 500 da STCP podem pagar a viagem com cartão ou dispositivo 'contactless', ou seja:

"Os utentes vão poder pagar a sua viagem tocando simplesmente com o seu cartão de débito, crédito, cartão pré-pago ou dispositivo de pagamento 'contactless' nos validadores com o símbolo. Isto significa que não é necessário ter dinheiro em numerário, esperar nas filas para adquirir títulos de transporte ou perder tempo a descobrir onde comprar", indicou hoje a Visa em comunicado.

A tecnologia 'contactless' permite fazer pagamentos sem ter de introduzir PIN. Para o efeito, basta aproximar o cartão ou outro dispositivo com esta tecnologia, como telemóvel ou relógio.

PUB

No Porto, o projeto-piloto, que conta com a colaboração da Visa, REDUNIQ, a Card4B, a Cybersource e a Littlepay, integra as estações Aeroporto, Senhora da Hora, Casa da Música, Trindade da Linha Violeta e ainda as estações Campanhã, Bolhão, Campo 24 de Agosto, São Bento e Aliados (estas na Linha Amarela ou comuns às linhas A, B, C e F do Metro).

PUB

Integra também os autocarros da linha 500 da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) Praça da Liberdade / Matosinhos (Mercado).

Estudo da Visa mostra as vantagens

De acordo com a Visa, citada em comunicado pela LUSA, um estudo de mercado recente da C Space, em colaboração a empresa líder mundial em pagamentos digitais, demonstra que 44% dos utilizadores dos transportes públicos acreditam que utilizariam mais frequentemente este meio de transporte se os pagamentos 'contactless' estivessem disponíveis, sendo que, destes, 60% esperam que, no futuro, esta tecnologia esteja disponível.

"Ao trabalhar com o TIP e os nossos parceiros neste projeto-piloto, a Visa ajudou a implementar um sistema de pagamento 'contactless' que marca o início de uma experiência de viagem diferente nos transportes públicos: mais simples, rápido, seguro e conveniente para as pessoas que visitam, trabalham e vivem no Grande Porto", observa Gonçalo Santos Lopes, responsável da Visa em Portugal, citado em comunicado.

PUB

Além disso, acrescentou aquele responsável, a oportunidade de utilizar pagamentos 'contactless' no transporte público contribui para a criação de uma região mais eficiente e sustentável.

Também Tiago Braga, presidente do Conselho de Administração do TIP e da Metro do Porto, considera que a disponibilização desta solução no Porto, embora tratando-se de uma projeto-piloto, é "um importante passo em frente em termos de inovação e desmaterialização da bilhética".

Continuar a ler

RELACIONADOS

Exame teórico para conduzir trotinetes e bicicletas elétricas

Mobilidade elétrica: Estudo da Spin revela que trotinete já substitui carro e jornadas a pé em algumas cidades

Lisboa recebe novas estações da rede de bicicletas partilhadas GIRA

COMPUTADOR DE BORDO

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

Atenção às datas de revalidação de carta de condução. Faça tudo online e poupe 10%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS