PUB

Novo Range Rover Velar já é híbrido plug-in e chega em fevereiro

  • Redação Autoportal
Novo Range Rover Velar PHEV oferece 400 cv
Range Rover lança Velar hibrido plug-in
Conheça as novas motorizações do Velar, que chega também cheio de novas tecnologias

O Range Rover Velar renovou-se e, entre o novo design interior e tecnologia inovadora ao serviço da condução, introduz também novas motorizações com a estreia da versão PHEV à cabeça das novidades. O novo Range Rover Velar P400e híbrido plug-in é uma combinação elegante de luxo tecnológico que chega a Portugal em fevereiro - para as primeiras entregas.

Situado entre o evoque e o Sport na gama Range Rover que agora fica toda eletrificada – com base na nova ‘Electrical Vehicle Architecture’ EVA 2.0 da Jaguar Land Rover’s new –, o Velar híbrido associa o novo motor Ingenium a gasolina de 2,0 litros de 4 cilindros de 300 cv ao motor elétrico de 105 kW para uma potência conjunta de 404 cv e um binário de 640 Nm.

A aceleração do dos 0 aos 100 km/h do novo Velar PHEV faz-se em 5.4s. A bateria de iões de lítio de 17,1 kWh (localizada sob o chão da bagageira) consegue um carregamento de 80% em meia hora em modo rápido com corrente contínua (DC) ou de 1h40m numa wallbox standars de 7 kWh. Com emissões de CO2 de 49g/km, o Velar PHEV tem uma autonomia zero emissões em modo totalmente elétrico de 53 km.

O novo Velar estreia também uma nova família de motores Ingenium de 3,0 litros de 6 cilindros em linha com sistema semi-híbrido (‘mild hybrid’ – MHEV) de 48 V para ambas as versões a gasolina e diesel, dotadas de suspensão a ar de série – a juntar à tração integral e transmissões exclusivamente automáticas (de todas as versões).

Estes novos blocos feitos ‘em casa’ geram uma potência de 400 cv no caso do P400 a gasolina, com um binário de 550 Nm, e de 300 cv no caso do D300 diesel, com 650 NM de binário. O Velar 3.0 a gasolina acelera dos 0 aos 100 km/h em 5.5 segundos; o homómologo a gasóleo – que a marca considera “um dos motores diesel mais limpos do mundo” – faz em 6.5 segundos.

A nova gama de motores da Land Rover compreende ainda o Ingenium D200 com um sistema ‘mild hybrid’ também associado melhorando a eficiência nos consumos e nas emissões deste bloco diesel de 200 cv.

O novo Range Rover Velar preocupou-se em trabalhar o design interior para um nível mais redutor em que ganha destaque a integração dos ecrãs digitais (de 10’’), onde os sistemas de infoentretenimento Pivi e pivi Pro (no ‘oack’ S-specification) exponenciam tecnologia de ponta.

O sistema Pivi foi concebido a pensar também na facilidade da sua utilização reduzindo os passos, com novos gráficos e aumentando a velocidade de resposta. As atualizações do sistema podem ser feitas ‘over-the-air dispensado a visita ao revendedor.

O luxo interior do novo Velar é reforçado na tecnologia pelo Active Road Noise Cancellation, um sistema inteligente que monitoriza em permanência as vibrações provocadas pela superfície em que se roda para abafar o som ouvido no habitáculo – e os seu ocupantes beneficiarão também de um novo sistema de filtragem de ar.

A nova segunda geração da ‘chave ativa’ pode substituir a chave convencional a partir do dispositivo de pulso (resistente à água e à prova de choque), incorporando um relógio LCD, que permite destrancar, ligar, desligar e trancar o veículo. O reforço tecnolófgico interior nºao passa sem um novo volante com botões de atalho para receber as atualizações dos sistemas de segurança (ADAS)

O novo Range Rover Velar P400e híbrido plug-in de 2,0 litros e 400 cv chega ao mercado português em fevereiro. As outras motorizações chegam em janeiro. A gama completa para Portugal é esta:

2.0D I4 204 ps MHEV

3.0D I6 300 ps MHEV

2.0 Si4 250 ps

3.0P I6 400 ps MHEV

2.0 I4 PHEV 404 ps

  • TEMAS:
  • Range Rover

  • Velar

  • Plug-in hibrido

Veja mais