Seat regista lucro operacional recorde e duplica prémio dos funcionários

  • Redação Autoportal
Seat
Seat

A SEAT alcançou em 2018 os melhores resultados da sua história após aumentar o lucro operacional em 33,4% atingindo um valor recorde de 254 milhões de euros (contra os 191 milhões de euros de 2017).

De acordo com os resultados apresentados pelo Grupo Volkswagen, a SEAT fechou 2018 com um volume de negócios de 10.202 milhões (o maior número da história da empresa) aumentando 3,1% em relação a 2017 (9.892 milhões).

O lucro operacional da Seat relativo ao ano passado decorre do recorde de vendas em 2018, bem como da comercialização de modelos com maior margem de contribuição: em 2018, a Seat vendeu 517.600 veículos – mais 10,5% do que em 2017.

Em 2018, a produção total de veículos Seat cresceu 10,2% e atingiu um valor recorde de 528.300 automóveis. No início de 2019, as vendas mundiais continuam a crescer a dois dígitos e atingiram um volume recorde de 88.900 veículos entregues – mais 12,8% do que no mesmo período do ano passado.

Pelo terceiro ano consecutivo, após a aprovação do acordo de negociação coletiva em 2016, os colaboradores da SEAT irão auferir um pagamento de distribuição de lucro pelos resultados obtidos. Este ano, a Seat vai pagar 1.068 euros brutos a cada empregado aumentando esse prémio em 49,2% (716 euros) relativamente ao ano passado.

Veja mais