Guiámos o novo Kadjar que chega ao mercado nesta semana

| Virgílio Machado
VÍDEO: Novo Renault Kadjar chega renovado e com motores para todos os gostos

Novo Kadjar é a aposta da Renault para conquistar a liderança do segmento C

A Renault joga esta semana uma cartada decisiva no ‘assalto’ à liderança do segmento C com a chegada aos concessionários da marca, já na próxima sexta-feira, do novo Kadjar.

O novo SUV da marca francesa chega a Portugal mais sedutor e mais completo do que nunca e com uma gama que deixa de pagar nas portagens ‘Classe 2’, apenas com Via Verde, e com um leque de motorizações modernas a gasolina e diesel para todos os gostos.

O SUV da Renault é um modelo de sucesso no mercado europeu, mas a sua chegada a Portugal em 2017 foi limitada pela legislação no que à taxação das portagens nacionais diz respeito. Desta forma, a oferta assentava, até agora, num único motor a diesel e, mesmo essa, só possível pelo investimento feito pela marca em produzir unidades com um eixo traseiro específico para o mercado nacional.

Dois anos volvidos e liberto dos constrangimentos das portagens (exceto no 4X4), há um novo Renault Kadjar que foi apresentado em Mértola, no Alentejo, e que surge com novos argumentos técnicos e tecnológicos, mas também estilísticos, com uma aparência mais moderna, dinâmica, robusta e, definitivamente, mais atraente.

Design

Num primeiro olhar rapidamente percebemos que a Renault modernizou a imagem do SUV com o qual quer conquistar a liderança do segmento C e, como em equipa que ganha não se mexe, muito, o «restyling» desta nova versão do Kadjar é ligeiro, destacando-se o novo desenho do para-choques com proteção para as escapadelas fora do asfalto, um capot musculado, assim como para a famosa assinatura luminosa Renault, em forma de C, e para as luzes de nevoeiro retangulares LED com tecnologia LED Pure Vision.

As linhas exteriores deste novo Kadjar apresentam uma forte identidade visual, firmada por formas tonificadas que transmitem uma imagem dinâmica e robusta e que respeita o código dos SUV: distância ao solo elevada, cavas das rodas acentuadas, bem como proteções inferiores nas portas e nos para-choques dianteiro e traseiro.

Nota ainda para as novas jantes exclusivas de 19’’ que conferem ao novo Kadjar uma aparência imponente.

Interior

Ao entrarmos no novo Kadjar é fácil perceber que o interior foi renovado e apresenta melhores materiais. O ecrã central de sete polegadas é bastante intuitivo permitindo a configuração a gosto do utilizador.

Já o sistema de infoentretenimento está associado aos sistemas Apple CarPlay e Android e os novos comandos do ar condicionado automático apresentam um desenho mais moderno e ergonómico.  

Em matéria de sistemas de assistência à condução, o Kadjar conta com tudo o que um exigente condutor possa necessitar num SUV.

Entre o equipamento de série e opcional, o Kadjar disponibiliza alerta de excesso de velocidade, Easy Park Assist, alerta de transposição involuntária de faixa, alerta de ângulo morto, sistema ativo de travagem de emergência, sistema de ajuda de estacionamento dianteiro, traseiro e lateral, câmara de marcha-atrás, regulador e limitador de velocidade, alerta de excesso de velocidade com reconhecimento da sinalização rodoviária, faróis suplementares com iluminação em curva, bem como sistema de ajuda ao arranque em declive.

O renovado Kadjar surge agora proposto em três níveis de equipamento: Zen, Intens e Black Edition. O Zen, versão de entrada na gama, conta com as jantes de 17″, o rádio MP3 e não dispõe de ecrã tátil de 7″.

Já a versão Intens está disponível com jantes de 18″ (19″ em opção), grelha dianteira cromada, ecrã tátil de 7″, alerta de transposição involuntária de faixa, Easy Park Assist (estacionamento 'mãos livres'), ar condicionado automático bi-zona ou as colunas de ventilação e entradas USB para os bancos traseiros.

A versão topo de gama, a Black Edition, acrescenta à lista de equipamento da versão Intens um sistema som da Bose, teto em vidro, estofos em Alcantara, bem como  bancos dianteiros aquecidos e reguláveis eletricamente.

Em matéria de espaço, o novo Kadjar surpreende pela positiva ao disponibilizar uma bagageira de 527 litros, com piso reversivel, que pode chegar aos 1650 litros, com os bancos rebatidos.

A nova versão do SUV da marca francesa dispõem ainda de um banco do condutor que permite a possibilidade de extensão do assento em 6 cm, ajudando a encontrar ainda melhor posição de condução. O do passageiro, igualmente envolvente e confortável,  pode ser rebatível para facilitar cargas compridas até 2,56 m.

Já o apoio de braço dianteiro central passa a ser deslizante, com tudo o que isso implica em termos de reforço do conforto, já que se adapta a todas as formas do corpo, independentemente da corpulência.

Motor

Quanto a motorizações, a novidade é mesmo a forte aposta da Renault numa gama onde se destaca o bloco 1.3 TCe a gasolina de injeção direta desenvolvido em parceria com a Mercedes, que estará disponível em quatro versões com 140 ou 160 cv.

Já os motores diesel Blue dCi de 1.5 litros com 115 cv e e 260 Nm de binário às 2.000 rpm, ou o novo 1.7 dCi de 150 cv (mais 40 cv do que a única motorização comercializada, até agora, em Portugal) que disponibiliza um binário de 340 Nm que contribui para as excelentes recuperações, qualquer que seja o regime de rotações do motor.

Contudo, esta versão e o Kadjar 4x4 só vão chegar ao mercado nacional em março.

Todas estas opções de motorizações podem ter associada uma caixa manual de seis velocidades, ou uma caixa automática de sete velocidades por mais 1.800 €.

Ao Volante

No trajeto que efetuámos entre Lisboa e Mértola tivemos ocasião de testar a versão a gasolina Tce 160 EDC Black Edition com a caixa automática de sete velocidades com um desempenho que surpreende.

O motor revelou uma boa entrega de potência em todas as situações e uma condução bastante agradável  em auto estrada mostrando-se fácil de manobrar e bastante previsível nas suas reações.

No entanto, foi fora de estrada que esta versão do Kajdar mais surpreendeu e, apesar do passeio pela zona da Mina de São Domingos ter sido realizado com piso seco, a verdade é que o Kadjar mostrou-se mais dinâmico e com resposta muito confortável para os passageiros em algumas situações de piso degradado. É certo que a versão testada não é um puro todo o terreno, mas o novo Kadjar não comprometeu no passeio e não se revelou desconfortável mostrando-se à altura mesmo dos trajetos mais exigentes com o rolamento da carroçaria a ser mínimo e a garantir confiança ao condutor.

Desta forma, o novo Renault Kadjar revela-se numa agradável surpresa e sendo certo que partilha a mesma plataforma que o popular e recordista de vendas, Nissan Qashqai, a verdade é que o Kadjar apresenta argumentos para o assalto à liderança do segmento C.

Quanto a preços, a versão de entrada na gama, o Kadjar 1.3 de 140 cv a gasolina, arranca nos 27.770 euros e vai até aos 34.445 euros da versão de caixa automática, mais equipada. Já as versões a diesel arrancam nos 31.140 euros e vão até aos 37.125 euros da versão mais equipada.

Novo Renault Kadjar surge mais atraente e confortável
  • TEMAS:
  • Renault

  • Kadjar

  • SUV

Veja mais