Concelhos com restrições de circulação voltam a aumentar: veja a lista

  • 15 jul, 17:52
Autoestrada (imagem Heorhii Heorhiichuk/Pexels)
Autoestrada (imagem Heorhii Heorhiichuk/Pexels)

São 90 os concelhos que ficam com circulação limitada a partir desta semana

O número de concelhos de Portugal Continental em risco elevado ou muito elevado em relação à taxa de incidência da pandemia voltou a aumentar para esta semana e o Governo fez nesta quinta-feira a atualização do ‘mapa’ de restrição à circulação no âmbito da reavaliação semanal das medidas gerais de desconfinamento.

Nesse sentido, o Executivo decidiu, no que respeita em concreto às medidas que afetam a mobilidade das pessoas nos concelhos de risco elevado e muito elevado, “prolongar a limitação de circulação na via pública a partir das 23h00”; com a manutenção desta limitação vigorando até às 05h00 do dia seguinte.

PUB

Em relação à semana passada, os concelhos em risco muito elevado subiram de 33 para 47: Albergaria-a-Velha, Albufeira, Alcochete, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Aveiro, Avis, Barreiro, Benavente, Cascais, Elvas, Faro, Ílhavo, Lagoa, Lagos, Lisboa, Loulé, Loures, Lourinhã, Mafra, Matosinhos, Mira, Moita, Montijo, Nazaré, Odivelas, Oeiras, Olhão, Oliveira do Bairro, Palmela, Peniche, Portimão, Porto, Santo Tirso, São Brás de Alportel, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Vagos, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia e Viseu.

PUB

Os concelhos em rsico elevado subiram de 27 para 43: Alcobaça, Alenquer, Arouca, Arraiolos, Azambuja, Barcelos, Batalha, Bombarral, Braga, Cantanhede, Cartaxo, Castro Marim, Chaves, Coimbra, Constância, Espinho, Figueira da Foz, Gondomar, Guimarães, Leiria, Lousada, Maia, Monchique, Montemor-o-Novo, Óbidos, Paredes, Paredes de Coura, Pedrógão Grande, Porto de Mós, Póvoa de Varzim, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Santiago do Cacém, Tavira, Torres Vedras, Trancoso, Trofa, Valongo, Viana do Alentejo, Vila do Bispo, Vila Nova de Famalicão e Vila Real de Sto. António.

PUB

O Governo destaca que “grande parte do país continua abrangida pelas medidas de desconfinamento que entraram em vigor a 14 de junho”, mas alerta também que há 30 concelhos que “ficam em alerta” correndo o risco de passarem às categorias dos 90 acima referidos com as respetivas restrições á circulação.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Os preços da gasolina e gasóleo subiram 30% num ano. Governo quer travar subidas com novo Decreto-Lei

Comissão Europeia quer proibir venda de carros novos a combustão em 2035

Manifestação em Lisboa, Porto e Faro contra preço dos combustíveis junta dezenas de pessoas

Saiba onde vão estar os radares nesta semana, pois «quem o avisa...»

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS