Lamborghini apresenta o novo Huracán EVO

  • Redação Autoportal
O novo Lamborghini Huracán EVO
Novo modelo anuncia a aerodinâmica de nova geração em Sant'Agata Bolognese

A Lamborghini apresentou o novo Huracán EVO, modelo que junta um controlo de dinâmica e uma aerodinâmica de “nova geração” ao motor V10 que vai buscar à versão Performante.

O novo Lamborghini Huracán EVO dispõe do motor de 5.2 litros V10 da fabricante de Sant’Agata Bolognese com 640 cv de potência e 600 Nm de binário: Este modelo com um ronco mais sonoro acelera dos 0 aos 100 km/h em 2.9s e dos 0 aos 200 km/h em 9s numa relação de peso/potência de 2,2 kg por cv.

Com uma velocidade máxima superior aos 325 km/h, o poder de travagem do Huracán EVO permite-lhe passar dos 100 ao 0 km/h em 31,9 m.

A juntar ao motor V10 estão as evoluções do comportamento dinâmico do carro através de uma nova unidade de controlo central de todos os sistemas, bem como um novo controlo de tração, assim como uma melhor resposta em curva com menos volante ao mesmo tempo que a viragem das rodas do eixo traseiro garantem melhor agilidade a baixas velocidades.

A esta agilidade assegurada pelo Huracán EVo não é alheia também a evolução aerodinâmica com uma frente mais baixa no para choques e entradas de ar maiores, num dinamismo que atinge o seu expoente numa traseira inspirada no Huracán de competição com os escapes colocados mais acima e, sobretudo, no spoiler integrado.

Como resultado, o EVO melhora em cinco vezes a pressão e a eficiência aerodinâmicas em relação à primeira gerção do Huracán.

Lá dentro, há um ecrã tátil de 8,4 polegadas localizado na consola central que junta funções e infoentretenimento dispondo de reprodução vídeo e sensível aos comandos por voz.

Introduzindo a nova cor Aranco Xanto, o Lamborghini Huracán EVO anuncia já preços para o Reino Unido, Estados Unidos, China e Japão sendo que no mercado europeu arrancará (antes de impostos) nas 165.256 libras (cerca de 184 mil euros).

  • TEMAS:
  • Lamborghini

  • Huracan

  • Santagata bolognese

Veja mais