A Bosch anunciou a abertura de uma unidade de produção de chips e sensores na Alemanha

Bosch com nova fábrica de supercondutores na Alemanha
Bosch com nova fábrica de supercondutores na Alemanha

Produtores de carros elétricos, sistemas autónomos e unidades de Inteligência Artificial serão os principais clientes da nova fábrica da Bosch em Dresden

O investimento de mil milhões de euros, na nova unidade de produção da Bosch em Dresden na Alemanha, é, de acordo com o comunicado da empresa citado em agências de informação, o maior até à data do gigante alemão e pretende contribuir para aumentar a distribuição de semicondutores para a indústria automóvel.

É também uma resposta de curto-médio prazo para a crise que assola a produção automóvel em virtude da falta de chips e semicondutores que está a atrasar a chegada ao mercado de vários modelos.

PUB

Numa informação de caráter mais técnico, a fábrica irá produzir pastilhas de silício de 300 milímetros (em oposição aos atuais de 150 ou 200 milímetros) ou mais simplesmente semicondutores de alta capacidade e eficiência. A vantagem é que cada pastilha permitirá obter mais chips por/pastilha e, por isso, será mais eficaz e permitirá aumentar a capacidade de fornecimento de chips às fábricas.

De acordo com informações da Reuters citando fontes da empresa os executivos da Bosch acreditam que independentemente do futuro da mobilidade estar em sistemas de combustão, eletricidade ou formas híbridas irá sempre existir necessidade de supercondutores, chips e poder de processamento.

PUB

Esta tecnologia irá ser desenvolvida e produzida na nova unidade com 77.500 metros quadrados sob o lema “Inteligência Artificial das Coisas”, numa analogia à IOT (Internet of the things: “internet das coisas”).

A fábrica irá ter mais de 100 máquinas e irá criar no imediato 300 a 400 empregos.

A Bosch é já um dos principais produtores mundiais de diversos sensores e sistemas laser e outros elementos de segurança e telemática para veículos automóveis e não só.

PUB

Já em abril passado, de acordo com notícias do Welt, a Bosch e a Daimler AG estabeleceram uma parceria estratégica tendo em visto o desenvolvimento conjunto de soluções para veículos autónomos de nível 4 e 5 (completamente autónomo sem intervenção humana).

 

Continuar a ler

RELACIONADOS

Intel alerta que a falta de chips que afeta a produção automóvel pode durar vários anos

Autoeuropa vai interromper produção por escassez de material

Elon Musk desiste da produção do Tesla Model S com 840 km de autonomia

A BMW tornou-se o primeiro fabricante a utilizar pneus de borracha natural da Pirelli

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS