Caterham revela o novo 420 CUP e promete tempos de supercarros em pista

  • Redação Autoportal
  • 30 mai, 11:00

Novo modelo tem por base o conhecido Seven 420R Championship

A Caterham revelou o seu próximo modelo que começará oficialmente a ser produzido no início de 2023. Estamos a falar do Seven 420 CUP que tem como base construtiva o conhecido Seven 420R Championship.

Este novo carro vai contar com um motor Duratec de 2 litros com 210 cv de potência, 203 Nm de binário e uma capacidade de aceleração nos 0-100km/h de 3.6 segundos; o que, segundo a marca, permite aos condutores registarem tempos de supercarros nos principais circuitos de corrida do Reino Unido (1 minuto e 45 segundos no Oulton Park, por exemplo).

PUB

Um grande contributo para este desempenho é proporcionado pela caixa de seis velocidades sequencial SADEV com mudanças planas, os amortecedores totalmente ajustáveis e os pneus Avon ZZR Extreme de pista (estes últimos já como uma opção).

Estes amortecedores Bilstein totalmente ajustáveis vão estar disponíveis pela primeira vez num modelo Caterham homologado para estrada e podem ser colocados em qualquer um dos seus dez ajustes de rigidez em apenas alguns minutos, sem a utilização de quaisquer ferramentas.

PUB

Em termos visuais também vai haver algumas modificações como, por exemplo, o facto de existir no exterior um cone de nariz estilo Racer, um depósito de gasolina centralizado e novas luzes traseiras LED.

Já o interior beneficiará de bancos em fibra de carbono com bordados exclusivos do modelo, como opção, para além de um painel de instrumentos ao estilo do 620 com acabamento em carbono e um novo painel de corrida.

O preço do Caterham 420 CUP começa a partir das 54.900 libras (cerca de 64.000 euros).

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Morgan apresenta o seu novo Super 3, a versão renovada do 3 Wheeler

BAC vai elevar o supercarro Mono de nível

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS