McLaren 765LT Spider é o supercarro descapotável mais poderoso da marca

  • Redação Autoportal
  • 28 jul, 16:58

Edição limitada a 765 exemplares começa preços nos 365 mil euros

A McLaren apresentou o 765LT Spider lançando o novo supercarro como o descapotável mais poderoso produzido pela marca de Woking. Como o seu irmão coupé, o novo Longtail de capota retrátil elétrica (baixa e sobe em 11 segundos em velocidades até aos 50 km/h) vai ter apenas 765 unidades, como diz o seu nome, feitas mediante as encomendas dos clientes, que já estão abertas para preços a partir das 310.500 libras (365 mil euros).

“Enquanto continuamos a construir a submarca LT com a introdução do novo 765LT Spider, é claro que os nossos clientes estão a ganhar atração pelas proposições de entusiasmo, performance extrema e disponibilidade limitada. Com todos os 765 exemplares do 765lt coupé vendidos, não é uma surpresa que, quando anunciamos o nosso novo LT Spider, a capacidade de produção para 2021 já stá preenchida”, afirma o CEO da McLaren Automotive, Mike Flewitt.

PUB

O 765LT Spider é equipado com motor M840T da McLaren de 4,0 litros V8 biturbo gerando 765 cv de potência às 7.500 rpm e 800 Nm de binário às 5.500 rpm. O LT Spider mais rápido de sempre anuncia prestações de 2.8 segundos nos 0-100 km/h e de 7.2 segundos nos 0-200 km/h. Com 1.388 kg de peso (mais 49 km do que o coupé), o 765LT descapotável tem uma relação de 598 cv por tonelada e atinge os 330 km/h e velocidade máxima recorrendo a disco carbocerâmicos no sistema de travagem.

PUB
Conheça melhor o McLaren 765LT coupé

O novo Longtail descapotável privilegia a mesma redução de peso que o coupé com recurso aos materiais ultraleves como a fibra de carbono e o mesmo pack aerodinâmico do splitter dianteiro ao difusor traseiro passando pelas saias laterais, mas inclui uma asa traseira regulável consoante a capota está com ou sem capota e dispõe de um sistema de escape totalmente em titânio com quatro saídas, materiais da F1 na transmissão de 7 velocidades SSG ou vidro mais fino.

PUB

As jantes de liga ultraleve (19’’ à frente e 20’’ atrás) recebem pneus Pirelli P Zero Trofeo e o interior acolhe bancos de competição, consola e chão e fibra de carbono e Alcantara ao longo das outras superfícies. mas, para poupar peso, o ar condicionado e o sistema áudio não são de série podendo ser incluídos com uma das opções reforçadas com vários pacotes a cargo da McLaren Special Operations ou itens específicos como o capô em fibra e carbono em vez e alumínio.

Continuar a ler

RELACIONADOS

McLaren lança versão do roadster Elva com para-brisas

McLaren 720S recupera a histórica pintura de corrida da Gulf

McLaren confirma que o Artura acelera dos 0 aos 100 km/h em 3 segundos

Vídeo: McLaren eleva o poder em pista com o novo 720S GT3X

Beleza potente: Hennessey deixa McLaren 765LT com 1.000 cv

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS