Ford GT de 2018 vai a leilão na Europa

  • Redação Autoportal
  • 27 mar 2020, 10:35

Potente superdesportivo vai ser leiloado no fim de semana

A leiloeira britânica Bonhams vai leiloar no domingo um Ford GT, modelo exclusivo da marca norte americana.

A Ford iniciou a produção deste superdesportivo em 2016 e anunciou na altura que iria produzir 1.000 unidades deste GT. Contudo em 2018 anunciou que alargou a produção a 1.350 unidades, que vão estar entregues aos clientes até 2022.

PUB

O superdesportivo Ford GT é um modelo que conta com um motor V6 EcoBoost bi-turbo de 3,5 litros que debita 655 cv de potência e está dotado de uma caixa automática de sete velocidade.

Com uma arquitectura em fibra de carbono, aerodinâmica activa, o Ford GT alcança uma velocidade máxima de 347 km/h.

Devido à pandemia de Covid-19, o Ford GT vai ser leiloado, através da Internet no próximo domingo, 29 de março.

O modelo em causa produzido em 2018, apresenta uma cor preta e um interior ‘Dark Energy’ e detalhes em carbono e vai a leilão com um total de 980 km.

A Bonhams acredita que pode alcançar um milhão de euros no leilão, por este superdesportivo da Ford, mais do dobro do valor deste modelo, que tem um custo aproximado de 385 mil euros.

PUB

Recorde-se que a Ford impôs um programa de vendas deste modelo que passou por candidaturas dos potenciais interessados e por um contrato de fidelização que tentava travar a venda dos seus carros por um período de dois anos.

No entanto devido à procura elevada do Ford GT, alguns leilões surgiram nos Estados Unidos, com alguns proprietários a não respeitarem o acordo.

A Ford chegou mesmo a abrir um um processo contra o conhecido lutador de wrestling, John Cena, por violação de contrato, depois de Cena ter vendido o seu Ford GT.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Mustang Bullitt de Steve McQueen bate recorde em leilão

Triumph de Steve McQueen bate recorde em leilão

Novo Ford GT Mk II tem 700 cv de potência

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS