Bentley Flying Spur num tom um pouco mais ecológico

  • Redação Autoportal
  • 20 jul, 12:09

Quando o luxo e a ecologia se olham de frente e se apaixonam um pelo outro, nascem modelos como este Flying Spur Hybrid.

É um gigante com uma carroçaria de três volumes, que se destaca no meio de qualquer fila de trânsito mesmo que esteja pintado de cinzento-escuro e todos estejam parados a olhar para o infinito. O Bentley Flying Spur é um dos modelos mais elegantes e elitistas do mercado e agora passou também a ser um pouco mais ecológico com a introdução de um sistema híbrido na sua gama.

Para isso, foi incluída uma motorização elétrica, encaixada entre a transmissão e o motor de combustão, com uma potência de 136 cavalos e 400 Nm de binário. É alimentado por uma bateria de iões de lítio de 12,1 kWh, que permite um carregamento rápido em apenas duas horas e meia com um carregador compatível. A sua presença faz com que o sistema de 12V já existente seja ainda mais eficiente, algo bastante importante num modelo como o Flying Spur, onde há vários componentes e mecanismos elétricos a requererem uma boa dose de energia.

PUB

No entanto, a parte mais importante é a possibilidade de circular com o Flying Spur em modo silencioso, totalmente elétrico, ao longo de cerca de 40 quilómetros, sem sequer despertar o motor de combustão. Em vez do habitual e muito melodioso V8 ou mesmo do imperial W12, a nova versão híbrida do Flying Spur recebe um bloco V6 de 2,9 litros que oferece uma potência máxima de 416 cavalos, graças à presença do duplo sistema de sobrealimentação arrumado entre as duas bancadas de cilindros.

PUB

Quando os dois motores funcionam em conjunto, a potência máxima combinada deste Flying Spur Hybrid chega aos 544 cavalos o que ajuda a aceleração dos 0 aos 100 km/h a demorar pouco mais do que quatro segundos, mas também a conseguir uma autonomia em torno dos 700 quilómetros, o que transforma esta versão na mais eficiente de sempre nesta gama.

PUB

Para deixar este sistema ainda mais prestável, estão também presentes três modos de funcionamento do sistema híbrido: EV Drive, que força a utilização do modo 100 por cento elétrico e é o que está ativo sempre que ligamos o carro, o Hybrid Mode, que gere automaticamente o funcionamento dos dois motores e o Hold Mode, que mantém a carga das baterias no mesmo patamar, de forma que esta possa ser utilizada mais tarde.

Pelo exterior, esta versão é identificada pela palavra Hybrid, no mesmo local onde normalmente encontramos a sigla V8 ou a W12. Mas a grande diferença estará mesmo na utilização deste modelo, que se mantém num patamar sublime de conforto. A experiência a bordo é verdadeiramente cativante e claro que as hipóteses de personalização são mais do que muitas, pois os clientes da Bentley são daqueles que gostam muito de ser mimados.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Bentley cria novo Centro de Excelência em Crewe

Bentley Bentayga Hybrid inicia comercialização na Europa

Bentley lança uma gama de bicicletas de equilíbrio, as Balance Bike

Bentley Continental GT3 Pikes Peak a biocombustível já mexe para a grande subida

COMPUTADOR DE BORDO

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

Atenção às datas de revalidação de carta de condução. Faça tudo online e poupe 10%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS