Já pode encomendar o novo Peugeot 2008: versões e preços

  • Redação Autoportal
Peugeot 2008: quem te viu e quem te vê
Novo SUV compacto da Peugeot chega em janeiro
Novo modelo chega ao mercado nacional em janeiro

O novo Peugeot 2008 vai chegar ao mercado nacional já no próximo mês de janeiro e reforça a aposta da marca francesa no segmento dos SUV compactos.

As linhas equilibradas e as proporções gerais revelam que estamos perante um típico SUV, com um para-brisas recuado que permite um capô mais horizontal e um ar mais musculado.

A frente deste novo 2008 integra uma grelha vertical, na cor da carroçaria nas versões elétricas, um capô esculpido e luzes diurnas LED colocadas abaixo dos faróis.

A assinatura de 3 garras LED apresenta uma nova expressão. Acesa de dia e de noite, esta assinatura luminosa está presente na traseira de todas as versões, bem como nas óticas dianteiras das versões topo de gama. Dependendo dos mercados, os faróis dianteiros utilizam tecnologia LED em todos os níveis de equipamento.

O ar musculado deste novo modelo é reforçado pelas rodas de grande diâmetro que preenchem na perfeição as respetivas cavas. As jantes de 18" apresentam inserções específicas que facilitam a personalização e diminuem significativamente o peso em nada menos do que 4 kg no conjunto das quatro rodas.

A traseira apresenta igualmente um ar robusto, beneficiando de uma linha de cintura elevada, integrando os grupos óticos interligados por uma faixa preta, enquanto nas versões PureTech 130/155 e BlueHDi 130, a estética traseira é reforçada por uma dupla saída de escape.

No interior desataca-se o Peugeot i-Cockpit 3D, que apresenta cores e materiais que foram alvo de particular atenção, combinando materiais nobres e cores originais.

A habitabilidade dos bancos traseiros faz do novo Peugeot 2008 um SUV particularmente versátil. O seu comprimento de 4,30 m e a sua distância entre eixos de 2,60 m conferem-lhe um volume de bagageira, com 434 litros.

Os passageiros podem também desfrutar de um interior com muita luz beneficiando do teto de abrir opcional. A sua abertura para o exterior mantém a habitabilidade e o espaço ao nível da cabeça nos lugares traseiros.

Em matéria de equipamentos de ajuda à condução, o novo Peugeot 2008 herda soluções já disponíveis em modelos de segmentos superiores, com destaque para o Drive Assist, que inicia a via da condução semiautónoma, e que combina a ajuda à manutenção ativa da posição dentro da faixa de rodagem, associada ao Lane Positionning, cabendo ao condutor escolher a posição na via.

Para além disso conta ainda com regulador de velocidade adaptativo com função Stop & Go com a caixa automática EAT8, Park Assist, que gere automaticamente a direção para entrar e sair de um lugar de estacionamento, com apenas 60 cm de espaço entre os veículos, depois de estacionado, travagem automática de emergência de última geração, que deteta peões e ciclistas, de dia e de noite, de 5 km/h a 140 km/h,

alerta ativo de transposição involuntária de faixa (ou do limite), alerta de atenção ao condutor, aconselhando, se necessário uma pausa na condução, reconhecimento de sinais de trânsito, vigilância de ângulo morto ou travão de estacionamento elétrico.

Em matéria de motorizações o novo Peugeot 2008 vai chegar ao mercado com três versões a gasolina e duas versões a Diesel.

Assim as versões a gasolina contam com o bloco de 3 cilindros, com uma cilindrada de 1,2 litros. O PureTech 100 S&S conta com caixa manual de seis velocidades, enquanto o PureTech 130 S&S está dotado com caixa de seis velocidades manual, ou uma caixa automática EAT8.

Já a versão PureTech 155 S&S conta apenas com caixa automática de oito velocidades e está disponível unicamente na versão GT.

As motorizações a Diesel contam com o motor de 4 cilindros com 1,5 litros de cilindrada, a começar com o BlueHDi 100 S&S acoplado a uma caixa manual de seis velocidades, enquanto o BlueHDi 130 S&S está dotado de uma caixa automática de oito velocidades.

A gama é composta por 4 níveis de equipamento: Active, Allure, GT Line e GT, praticamente todos disponíveis nas versões 100% elétrica, gasolina ou Diesel.

Quanto a preços, a Peugeot já fez saber que a versão de entrada com bloco a gasolina vai ter um custo que arranca nos 21.500 euros, enquanto a versão mais económica a Diesel começa nos 25.200 euros

Preços do novo Peugeot 2008

1.2 PureTech 100 CVM61.2 PureTech 130 CVM61.2 PureTech 130 EAT81.2 PureTech 155 EAT81.5 BlueHDi 100 CVM61.5 BlueHDi 130 EAT8

Já a versão elétrica do novo Peugeot 2008 vaio chegar mais tarde ao mercado nacional, sendo que o primeiro SUV 100% elétrico da marca francesa conta com um motor que debita potência de 100 kW (136 CV) e um binário de 260 Nm, disponíveis de imediato.

A bateria de 50 kWh garante uma autonomia que pode chegar aos 320 km, que pode ser carregada totalmente em 16 horas numa tomada normal, entre  5h e 8h através de uma WallBox (trifásica de 11 kW ou monofásica de 7,4 kW) e em 30 minutos para recuperar 80% da bateria através de um carregador público de 100 kW. A regulação térmica da bateria permite utilizar este tipo de carregadores.

Esta igualmente disponível a carga diferida programável: a partir do ecrã de navegação ou a partir de um smartphone com a app MyPeugeot. Este último sistema também permite iniciar ou parar a carga a qualquer momento, assim como consultar o estado da carga à distância.

O Peugeot E-2008 vai chegar ao mercado nacional apenas no mês de abril e a marca francesa ainda não anunciou o preço deste seu primeiro SUV totalmente elétrico 

  • TEMAS:
  • Peugeot

  • SUV 2008

  • SUV compacto

Veja mais