Aero Sport Lounge é o futuro elétrico da DS com 680 cv de potência

  • Redação Autoportal
  • 26 fev 2020, 11:43

Novo protótipo da marca francesa vai ser revelado no Salão de Genebra

A DS Automobiles revelou esta quarta-feira o Aero Sport Lounge, que mais não é que um protótipo de estilo radical que mostra o futuro da marca francesa em matéria de mobilidade elétrica.

Este modelo destaca-se por um design elegante e pelas suas dimensões já que apresenta cinco metros de comprimento.

PUB

Com jantes de 23 polegadas, o DS Aero Sport Lounge tem uma linha de tejadilho muito inclinada para dar a sensação de um coupé de forma a reduzir a superfície de arrasto, conduzindo o ar através de uma grelha dotada de apêndices aerodinâmicos laterais, para as grandes jantes.

O seu perfil é vincado pela iluminação da assinatura E-Tense, símbolo do motor elétrico de 500 kW (680 cv de potência), conectado a uma bateria de 110 kWh, de nova geração e colocada no piso, permitindo uma autonomia superior a 650 km.

Assente nos títulos alcançados na Fórmula E, esta tecnologia proporciona acelerações impressionantes, sendo exemplo os 2,8 segundos necessários para a recuperação dos 0 aos 100 km/h.

A grelha transforma-se num ecrã em redor do monograma iluminado da DS Automobiles. Com o olhar escondido por detrás de um vidro concebido em materiais compósitos, compondo-se de sensores que leem a estrada e alimentam os calculadores com terabytes de informações.

PUB

Em ambos os lados, os projetores DS Matrix LED Vision são acompanhados por luzes diurnas e do DS Light Veil, detalhes iluminados que antecipam a futura assinatura da DS.

A revolução automóvel também está em expansão nos habitáculos, onde os ecrãs, elementos que assumiram um lugar proeminente na maioria dos concept cars e automóveis do presente, foram aqui desmaterializados.

PUB

Frente aos ocupantes destacam-se duas grandes lâminas, que criam uma forma aérea. A parte inferior, revestida de algodão acetinado, é usada para projetar as informações da lâmina superior. A superfície ganha vida com elementos necessários à navegação ou pela descoberta de novas formas de infotainment e de partilha.

Em ambos os lados, os ecrãs apresentam a denominada retrovisão digital e o conjunto de configurações e controlos de conforto. Os elementos necessários à condução são projetados no para-brisas, em formato de realidade aumentada.

Entre os bancos, o apoio de braço central serve de guia. Ele lê, interpreta e responde a cada movimento da mão. Através de uma parceria tecnológica com a Ultraleap, o DS Aero Sport Louge antecipa o que poderão ser as interações nos habitáculos do futuro.

PUB

Ao combinar as funções de Leap Motion e Ultrahaptics, a mão comanda por gestos e recebe uma resposta sensorial. Os sensores detetam cada movimento e os pequenos altifalantes a ultrassons replicam um som parecido ao que se sente perto de uma massa sólida.

Para além disso este prototipo da DS que vai ser revelado no Salão de Genebra, conta ainda com o IRIS, o sistema de inteligência artificial que encontra o seu lugar no centro do painel de bordo, controlando o conjunto através de simples conversas.

Os materiais utilizados pela DS neste modelo também merecem destaque já que a lâmina do painel de bordo e as costas dos assentos são concebidas com entalhes em palha artesanal.

Os bancos, de forma alongada, são adornados com algodão acetinado, aplicado em torno de uma tecnologia de espuma de alta densidade que coloca o conforto em primeiro plano. A superfície é extremamente macia graças a uma tecelagem muito fina, que assegura níveis incomparáveis de robustez e suavidade.

PUB

Nas portas é usado um tecido técnico trançado em microfibra tri-matéria, incorporando uma infinidade de fios transparentes, acrescentando luz ambiente ao habitáculo.

PUB

Desta forma o DS Aero Sport Lounge é uma mistura arte com tecnologia que mostra o futuro elétrico da marca francesa.

Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS