Audi anuncia o arranque da produção do novo Q4 e-tron

  • Redação Autoportal
  • 23 mar, 10:00

Novo modelo elétrico da Audi vai chegar ao mercado no verão de 2021

A Audi revelou que iniciou a produção do novo Q4 e-tron, na fábrica de Zwickau, na Alemanha, o que segundo a marca fica na história da empresa por ser o seu primeiro SUV elétrico a ser produzido em território germânico.

O novo Q4 e-tron vai ser apresentado em abril e a Audi já fez saber que o novo elétrico vai chegar aos mercados europeus no verão.

PUB

O Q4 e-tron será o primeiro modelo da Audi a a utilizar a plataforma MEB do Grupo Volkswagen para carros elétricos e apresenta 4.590 mm de comprimento, 1.865 mm de largura, 1.613 mm de altura e uma distância entre eixos mede 2.760 mm.

A marca germânica já deu a conhecer que o seu novo modelo estado dotado de um elevado conjunto de tecnologia no seu interior, onde se destaca um volante hexagonal com controlos multifuncionais sensíveis ao toque, um painel digital de 10,25 polegadas, a que se junta um ecrã central tátil MMI de 10,1 polegadas de série, ou em alternativa um ecrã de 11,6 polegadas, que será o maior display do portfólio da Audi até o momento e estará disponível no final do ano.

PUB

Para além disso o novo elétrico da Audi vai estar dotado de dois novos recursos: um assistente de voz ‘Hey Audi’, e um head-up display de realidade aumentada opcional, que auxilia o condutor com dicas visuais, que segundo a Audi parecerem flutuar no espaço à frente do carro e que funciona em conjunto com a câmara dianteira, o sensor de radar bem como com o sistema de navegação GPS.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Audi revela o novo Q4 e-tron e o seu interior antes da estreia

Audi não vai fazer novos motores de combustão

Audi A3 Sportback híbrido plug-in já tem preços para o mercado nacional

Audi aumenta capacidade elétrica do A6 plug-in e já tem preços

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS