McLaren pode ir parar às mãos dos construtores alemães Audi e BMW

  • Redação Autoportal
  • 20 nov, 12:00
McLaren Artura
McLaren Artura

A Audi está interessada na equipa de Fórmula 1 do grupo britânico. Já a BMW parece mais inclinada para adquirir a McLaren Automotive, divisão de superdesportivos

O futuro do construtor McLaren pode estar nas mãos dos alemães da BMW e da Audi, de acordo com notícias veiculadas na imprensa internacional. Enquanto a BMW parece estar interessada em adquirir a divisão de produção de automóveis superdesportivos, a sua rival germânica Audi parece mais inclinada para comprar a unidade dedicada à competição em Fórmula 1.

De acordo com uma notícia avançada pela publicação de origem alemã «Automobilwoche», a BMW tem estabelecido conversações com o fundo soberano do Bahrain – Mumtalakat – o qual controla a McLaren, e deverá mantê-las no próximo mês. No entanto, o construtor com sede em Munique, através de um porta voz, veio desmentir a notícia que dá conta do seu interesse em comprar a McLaren Automotive.

PUB

Quanto à Audi, marca integrada no portefólio do grupo Volkswagen, parece menos interessada nos modelos de comercialização da McLaren para utilização em estrada e mais atraída pelos milhões que giram em torno da maior competição automóvel do mundo: a Fórmula 1. A publicação alemã chega mesmo a citar uma fonte que afirma que a Audi apresentou uma oferta para comprar a McLaren Racing Limited e que chegou a um acordo com o fundo soberano do Bahrain.

PUB

À agência de notícias Reuters, a marca dos quatro anéis limitou-se a confirmar que considera regularmente diferentes oportunidades de cooperação. Contudo, não comentou o caso específico da equipa de F1 da McLaren.

A debater-se com problemas financeiros causados pelo impacto da pandemia, o McLaren Group tem tentado equilibrar a sua balança nos últimos tempos. Em julho deste ano, o grupo angariou mais de 650 milhões de euros junto dos investidores existentes e através da venda de ações à empresa americana de gestão de investimentos Ares Management. O grupo garantiu ainda 564 milhões de euros adicionais através de uma emissão de obrigações.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

McLaren chama Albert ao seu Speedtail mais singular de sempre

McLaren 765LT Spider é o supercarro descapotável mais poderoso da marca

McLaren lança versão do roadster Elva com para-brisas

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS