A autoestrada do norte A1 também já possui os primeiros dois pontos de carregamento rápido e ultrarrápido

  • Redação Autoportal
  • 30 abr, 16:06
Dois novos pontos de carregamento ultrarrápidos já estão instalados na A1
Dois novos pontos de carregamento ultrarrápidos já estão instalados na A1

Novos carregadores ultrarrápidos de 150 kW possibilitam o carregamento dos carros elétricos com até 100 km de autonomia em apenas 10 minutos

Já estão operacionais na A1, autoestrada do norte, os primeiros dois pontos de carregamento rápido e ultrarrápido que surgem no âmbito de uma parceria entre a BP, a Brisa e a EDP Comercial, enquadrados na rede Via Verde Electric.

Os carregadores foram instalados na Área de Serviço de Santarém, no sentido Norte/Sul, uma localização estratégica entre as duas principais cidades do país, Lisboa e Porto. Os equipamentos escolhidos são dos mais modernos e inovadores do mercado e são os primeiros ultrarrápidos da EDP e BP em parceria em Portugal.

PUB

A Brisa, em outra parceria, com a Ionity e a Cepsa já tinham inaugurado recentemente uma rede de carregamento elétrico Via Verde Electric instalando os primeiros quatro postos ultrarrápidos numa autoestrada nacional (como reportamos aqui).

Com o carregador ultrarrápido, de 150kW, é possível carregar o equivalente a 100 quilómetros de autonomia em menos de dez minutos, diminuindo de forma significativa o tempo de paragem. Foi também instalado um carregador rápido, de 50kW, que permite o carregamento simultâneo de duas viaturas, em AC e DC.

PUB

Até ao final do ano deverão ser instalados carregadores ultrarrápidos, na A1 e na A2. Todos os equipamentos estarão ligados à rede pública MOBI.E. Os espaços destinados à mobilidade elétrica estarão devidamente identificados junto às áreas de serviço Colibri, fazendo parte da Via Verde Electric, a nova rede de pontos de carregamento rápidos e ultrarrápidos que a Brisa está a implementar nas suas autoestradas.

Este conceito junta os principais operadores do setor num esforço coletivo pela evolução do carregamento público em Portugal e será um passo fundamental na descarbonização do país e um contributo essencial para a mobilidade elétrica.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Brisa já tem os primeiros postos de carregamento ultrarrápido em autoestrada

Nova mobilidade Renault inclui oferta de Via Verde e postos de carregamento

Rede de trotinetes elétricas Link oferece 1 milhão de viagens em vales de €10 para apoio no combate ao COVID-19

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS