Saiba quantos já aceitam pagar mais para ter entregas em casa zero emissões

  • Redação Autoportal
  • 28 nov 2020, 20:18
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Inquérito realizado pela Ford mostra aceitação pelos consumidores em esperar e pagar mais nas entregas com veículos elétricos

As entregas em casa através de veículos elétricos têm uma preferência pelos consumidores que ultrapassa a maioria e, dentro desta, já há percentagens que estão dispostas a esperar mais tempo, mas, além disso, também a pagar mais por esse serviço de entrega zero emissões.

Um inquérito encomendado pela Ford feito a mil pessoas nos mercados da Alemanha e do Reino Unido dá conta de que 54% dos germânicos prefeririam que o seu serviço de entregas utilizasse um veículo movido a eletricidade e que esse número sobre para os 58% entre os consumidores do mercado insular.

O Reino Unido mantém-se na frente na percentagem dos que estão dispostos a esperar mais tempo por entregas ecológicas das compras feitas on-line atingindo a percentagem de 49%; enquanto na Alemanha a porção de pessoas chega aos 38%.

Mas, além da espera, o preço pelas entregas zero emissões também tem percentagens significativas em ambos os mercados – com um em cada quatro no Reino Unido e um em cada cinco na Alemanha.

Em percentagem, há 28% de consumidores no Reino unido que aceitam pagar mais por receber entregas em veículos elétricos e 21% na Alemanha.

“Comprar online a partir de casa é já o ‘novo normal’ e é encorajador que, para muitas pessoas, a forma como recebem as suas entregas seja uma preocupação importante. Estamos a ajudar as empresas de entregas a reduzir a sua pegada de carbono com as nossas carrinhas híbridas e com capacidade de emissões zero, incluindo a próxima E-Transit totalmente elétrica”, disse Dave Petts, responsável de mercado das carrinhas urbanas eletrificadas da Ford Europa.

RELACIONADOS

OE 2021: ACAP considera limitação aos híbridos uma “contradição irritante”

OE 2021: ARAN “indignada” com a limitação de incentivos fiscais aos veículos híbridos

OE 2021: aprovada limitação de incentivos fiscais aos veículos híbridos

Preços dos combustíveis voltam a subir na próxima semana

Multas por uso do telemóvel ao volante vão custar o dobro

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS