Volvo prepara construção de uma terceira fábrica na Europa

  • 20 nov, 19:55
Fábrica Volvo na Suécia
Fábrica Volvo na Suécia

Para cumprir os seus objetivos de vendas globais, a Volvo precisa de aumentar a sua capacidade de produção com uma nova fábrica

Os objetivos da Volvo até ao ano 2025 incluem um número de vendas anual em torno de 1,2 milhões de unidades; o que é um aumento de 80% relativamente aos 661.713 automóveis que foram comercializados em 2020. Para alcançar esta marca, o construtor nórdico está a ponderar a construção de uma nova fábrica na Europa, a terceira, depois das unidades de Torslanda, na Suécia e de Ghent, na Bélgica.

Segundo o CFO da Volvo, Bjorn Annwall, a marca precisa das duas fábricas já existentes na Europa, mas também de aumentar a capacidade de produção e isso requer construir uma terceira fábrica. O aumento desejado de unidades comercializadas em todo o mundo ronda os 80%, de forma a alcançar o número de 1,2 milhões de automóveis em 2025.

PUB

Também segundo Annwall, numa entrevista recente a um jornal de negócios da Suécia, a terceira fábrica da Volvo será provavelmente na Europa, mas não foi adiantada a localização para esta nova unidade.

Em paralelo, o CTO da Volvo, Henry Green, explicou que, aumentando a capacidade máxima das fábricas já existentes, o objetivo de 1,2 milhões de unidades pode ser atingido, mas também que a marca está já a pensar mais à frente e que em 2025 não quer que aquele objetivo seja o máximo possível precisando assim de uma capacidade de produção superior face à atual.

PUB

No passado mês de outubro, o construtor de automóveis com sede em Gotemburgo tornou-se na segunda empresa da Suécia mais bem cotada em bolsa, com uma valorização em torno dos 18 mil milhões de dólares (cerca de 16 mil milhões de euros).

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Volvo lança os híbridos plug-in mais potentes de sempre e com autonomia de 90 km

Volvo lança em Portugal versão mais barata do XC40 elétrico

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS