Novos Tiguan e Arteon híbridos plug-in já chegaram ao mercado nacional

  • Redação Autoportal
  • 8 abr, 12:17

Volkswagen alarga oferta de híbridos plug-in ao Tiguan e ao Arteon

A Volkswagen revelou que aumentou a sua oferta de modelos híbridos plug-in, com a chegada ao mercado nacional das variantes eHybrid do Tiguan e do Arteon.

O Tiguan eHybrid conta com um bloco 1.4 litros a gasolina TGSI que debita 150 cv de potência e que combina com um motor elétrico de 115 cv, o que permite uma potência de 245 cv.

PUB

A nova variante híbrida plug-in do Tiguan está dotada de um caixa de dupla embraiagem DSG e conta com uma bateria de iões de lítio com um sistema de energia de 13 kWh, que permite uma autonomia em modo 100% elétrico (E-MODE) até 57 km.

O novo Tiguan eHybrid está disponível nas versões Life, com uma autonomia em modo elétrico até 57 km e R-Line que permite uma autonomia em modo 100% elétrico até 55 km.

No modo híbrido, o motor a gasolina turbo de 150 cv e o motor de acionamento elétrico (115 cv) trabalham em simultâneo. Em conjunto com um dos sistemas de navegação, isto permite que o Tiguan eHybrid ative automaticamente uma estratégia híbrida preditiva, usando GPS e dados de mapa.

PUB

A estratégia híbrida preditiva ajuda o sistema de acionamento a utilizar da melhor forma a energia elétrica armazenada na bateria de iões de lítio e a minimizar o consumo de combustível.

No que toca a preços, a Volkswagen revelou que o novo Tiguan eHybrid arranca nos 41.730 euros para a versão 1.4 TSI DSG Life e 42.742 euros para a variante R-Line.

Já o novo Arteon eHybrid, está disponível nas versões fastback e shooting brake e conta com um motor elétrico e um motor TSI a gasolina.

PUB

Desta forma este novo modelo arranca em modo elétrico, quase silencioso e com zero emissões, e quando o modo híbrido é ativado, através da função de seleção do perfil de condução, combina o motor de combustão 1.4 com o motor elétrico de 115 cv, para atingir uma potência combinada de 218 cv.

O Arteon eHybrid utiliza a potência combinada para acelerar dos 0 aos 100 km em 7,8 segundos.

A nova variante híbrida do Arteon permite uma interação entre o sistema de navegação e a gestão dos motores, no modo híbrido. Desta forma quando se inicia uma viagem e se insere o destino no sistema de navegação, estando no modo híbrido, o sistema vai otimizar a interação entre o motor de combustão e o motor elétrico, durante toda a viagem.

PUB

O resultado é uma utilização mais eficiente de ambos os motores, com consumos de combustível otimizados e a extensão da autonomia elétrica ao limite.

O Arteon eHybrid utiliza uma bateria de 10,4 kWh, que permite uma autonomia até 59 km, em modo 100% elétrico.

A Volkswagen anuncia consumos de combustível de 1,3 l/100 km e um consumo combinado de eletricidade é de 15,5 kWh/100 km.

O eHybrid pode ser carregado numa tomada doméstica ou numa wallbox opcional com a qual o processo de carregamento fica completo em 3h30m.

Em matéria de preços a Volkswagen já fez saber que o novo Arteon eHybrid arranca 50.788 euros para versão 1.4 TSI Plug-in Hybrid Elegance e 51.843 euros para a variante Shooting Brake.

Já enquanto as versões mais equipadas apresentam valores de 51.865 euros no caso da variante 1.4TSI Plug-in Hybrid R-Line e de 52.923 euros Shooting Brake R-Line.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Taigo é o novo SUV coupé da Volkswagen

Volkswagen anuncia preços da gama completa do ID.4

Volkswagen mostra novas imagens do Projeto Trinity

Volkswagen lança Transporter que faz os 0-100 km/h em menos de 9 segundos

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS